TNSJ Apresenta Reinar Depois De Morrer

O Teatro Nacional de S. João (TNSJ), no Porto, acolhe, entre 5 e 7 de dezembro, Reinar Depois de Morrer, a partir do texto de Luís Vélez de Guevara, numa adaptação de José Grabriel Antuñano e encenação de Ignacio García para a Companhia de Teatro de Almada.

Depois de estrear-se em Lisboa, a peça em três atos, apresenta-se no TNSJ. O texto de Guevara publicado em Portugal pela primeira vez em 1652 é considerado uma das comedias mais representativas do século de ouro do teatro espanhol.

A encenação de Ignacio García – que se baseia na tradução de Nuno Júdice – coloca em cena um dispositivo cenográfico que se situa entre a vida/realidade e a morte/irrealidade, focando-se nesta episódio no qual a razão de Estado se opõe e se sobrepõe ao amor e à liberdade individual. Centrando-se na forma como essa oposição se agudiza nas quatro personagens principais moldando as suas ações, dilemas e sofrimentos, Reinar Depois de Morrer convida os espectadores a refletir sobre um tema perene: “O da supremacia das conveniências sobre o indivíduo – sempre mais frágil – que as questiona”.

Do elenco fazem parte Margarida Vila-Nova, José Neves, João Largarto e Ana Cris, nos principais papéis e Leonor Alecrim, Maria Frade, Pedro Walter e as crianças Diogo Moura e Gonçalo Saraiva.

A peça, para maiores de 12 anos, estará em cena na quinta e sexta-feira, dias 5 e 6 de dezembro, às 21h00 e no sábado, dia 7, às 19h00, estando agendada uma conversa pós-espetáculo, com a equipa criativa, no dia 6.

O preço dos bilhetes varia entre os 7,50 e os 16 euros, e podem ser adquiridos no local.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.