Porto De Leixões Recebe A Conspiração Das Formas Com Assinatura Da Fundação De Serralves

O Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões, em Matosinhos recebe a mostra A conspiração das Formas: Obras da Coleção de Serralves, com curadoria de Gabriela Vaz-Pinheiro.

A exposição está patente até ao dia 30 de outubro, apresenta uma seleção de obras da coleção de Serralves, e oferece uma ampla amostragem da produção artística de Portugal e dom Mundo, com obras de Ana Jotta, António Barros, Bruce Nauman, Bruno Pacheco, Cildo Meireles, Damián Ortega, Fernanda Gomes, Hans Haacke, Jene Highstein, José de Guimarães, José Pedro Croft, Lawrence Weiner, Leonor Antunes, Pedro Cabrita Reis, Richard Artschwager, Rita Magalhães, Rita McBride, Rui Chafes, Susanne S. D. Themlitz.

Em A Conspiração das Formas, a seleção de obras da colecção de Serralves joga com a ideia de revelação, obrigando ao esforço do espectador. Proporciona o confronto, permitindo a reavaliação da nossa posição perante elas e da nossa própria posição no mundo. A exposição procura deslocalizar a expectativa da nossa perceção perante os objetos e os gestos e perante as categorias instituídas de certo ou errado, visível ou invisível, previsível ou inesperado. Pertence aos artistas a liberdade de nos confrontarem com a desmontagem do mundo. Por detrás de gestos aparentemente insignificantes reside por vezes uma imensidão de traumas, como por detrás de uma imensa negritude pode nada mais residir que um simples final de dia tranquilo.
Por isso as imagens enganam, as obras revelam.

A exposição pode ser visitada durante o horário de funcionamento do Porto de Leixões.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.