Lisboa Recebe Festa do Cinema Chinês em Setembro

FCC cartaz

O Cinema Ideal e a Cinemateca Portuguesa, em Lisboa, foram as salas escolhidas para receber a 1ª Festa do Cinema Chinês, que vai ter lugar entre 10 e 30 de setembro.

A mostra vai apresentar 12 filmes contemporâneos e 20 filmes clássicos, estando a abertura a cargo do filme de Jia Zhang-ke – As Montanhas Se Afastam, no Cinema Ideal.

Pelo Cinema Ideal (no Loreto) vão ainda passar o mais recente filme de Hou Hsiao-Hsien – A Assassina, vencedor do Prémio Melhor Realização do Festival de Cannes 2015, filmes dos realizadores Lou Ye, Ann Hui e Tsui Hark, e seis filmes produzidos pelo XiaoXiang Film Group (tido como um dos mais importantes estúdios da China), que inclui títulos como Dragon Inn de Raymond Lee e Tsui Hark, protagonizado por Maggie Cheung.

Para a Cinemateca Portuguesa, na Barata Salgueiro, estão reservados 20 filmes clássicos, sob o mote: “Cinema Chinês: Panorama Histórico e Retrospectiva Xie Jin”, de 17 a 30 de setembro.

O programa procura traçar um panorama histórico, com filmes realizados entre 1933 e 1997, exemplificando quatro etapas da cinematografia chinesa, com filmes de cada época: o cinema de Xangai anterior a 1949; o cinema chinês pós-1949 e anterior à Revolução Cultural; a chamada “quinta-geração” e o período de transição entre a “quinta” e a “sexta geração”; e ainda uma retrospectiva a Xie Jin, considerado um dos maiores realizadores chineses de sempre.

Esta é uma iniciativa da Cinemateca Portuguesa e da Cinemateca Chinesa, e conta com o apoio da Embaixada da China em Portugal e da Embaixada de Portugal na China, inserindo-se no âmbito 10º aniversário do estabelecimento da parceria estratégica entre a República Popular da China e Portugal. Em 2016 será a vez da Festa do Cinema Português na China.

Texto de Elsa Furtado

 

 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.