Zambujeira recebe Festival Sudoeste de 7 a 11 de agosto, este ano rebatizado de MeoSudoeste

logo_sw2013Foi hoje apresentada a programação e a nova imagem do Festival Sudoeste, este ano na 17ª edição, e que vai contar com o MEO como main sponsor do Festival, passando assim a chamar-se MEO Sudoeste. O ano de 2013 promete ser um ano de viragem com um festival mais intenso e mais irreverente, mas mantendo o ritual e a tradição, num espaço onde a natureza e  se conjuga a boa disposição, o convívio, o entretenimento, no ar livre puro alentejano da Costa Vicentina, o Sol, a praia, e claro, ao som da melhor música da atualidade.

OrelhaNegra-13Hoje foram divulgados alguns dos nomes que vão aquecer ainda mais as noites alentejanas,  nomeadamente para o Palco MEO ( o principal). No dia 8 de Agosto atuam os SOJA, que vão apresentar temas do álbum Strength to Survive  (eleito álbum do ano pelo público  Reggae). Seguindo-se Richie Campbell, que promete continuar mostrar que em Portugal o reggae tem uma voz ativa, cada vez com mais força, ele que com Focused, disco lançado em finais de 2012 em que o artista reforça a sua determinação com colaborações de peso como o de Kimani Marley, filho de Bob Marley.

2-sw2No dia 9 atuam os  Fatboy Slim, diretamente de Brighton e com mais de 15 anos de carreira, um dos maiores DJs de sempre e um dos mais requisitados músicos electrónicos dos nossos tempos, assim como os Donavon Frankenreiter com cinco álbuns na carteira, é precisamente o seu último trabalho Start Livin, que Donavon promete continuar a dar voz à mítica do surf, da praia e do calor.

Dia 10 é a vez de Calvin Harris e de  Cee Lo Greem pisarem o palco, assim como os Expensive Soul que vão soltar os ritmos  do soul, funk, rythm’n’blues e reggae, e até hoje os Expensive Soul têm escalado sucesso atrás de sucesso. Depois de Utopia que lhes garantiu a merecida consagração, os Expensive Soul vão ter disco novo ainda este ano, bem a tempo de o apresentar ao vivo no MEO Sudoeste.

Dia 11 é a vez  Snoop Lion, Snoop Dogg é agora Snoop Lion que traz Reincarnated, documentário e álbum que apresenta, neste concerto e que conta a história da sua viagem à Jamaica que o mudou espiritualmente. Os Orelha Negra sobem ao palco demonstrando que o Festival também conta com bandas nacionais, sendo que este é um exemplo dos projectos mais criativos e consistentes da música nacional, do momento.

1-sw1O Palco Moche Vibrations tem já a presença confirmada dos Capleton, que com vinte álbuns de sucesso, é uma referência  inabalável na onda Rastafari, tem construído uma carreira fortíssima.

O campismo está também garantido, tal como a presença do supermercado Intermarché, pelo terceiro ano consecutivo, que pretende mais uma vez facilitar a vida aos festivaleiros que ficam aqui instalados durante cerca de uma semana.

O passe de 5 dias para o festival vai estar disponível com condições especiais MEO, já a partir de amanhã – 20 de fevereiro e até 31 de maio, nas lojas PT Bluestore: com 30 euros de desconto para todos os clientes M4O e com 15 euros de desconto para todos os clientes MEO.

Os bilhetes vão estar à venda nos locais habituais e têm os seguintes valores: Passe 5 dias (com campismo incluído) – 95 euros, Bilhete Diário – 48 euros ; Passe pelo o Zmar Zmóvel (2 pessoas casal ou single) 75 euros;  Passe pelo Zmar Alvéolos 150 euros, Passe pelo Zmar Alvéolos + 5 Almoços 205 euros.

Texto de Margarida Vieira Louro
Foto dos Orelha Negra de Sara Santos

Deixar uma resposta