Zambujeira recebe Festival Sudoeste de 7 a 11 de agosto, este ano rebatizado de MeoSudoeste

logo_sw2013Foi hoje apresentada a programação e a nova imagem do Festival Sudoeste, este ano na 17ª edição, e que vai contar com o MEO como main sponsor do Festival, passando assim a chamar-se MEO Sudoeste. O ano de 2013 promete ser um ano de viragem com um festival mais intenso e mais irreverente, mas mantendo o ritual e a tradição, num espaço onde a natureza e  se conjuga a boa disposição, o convívio, o entretenimento, no ar livre puro alentejano da Costa Vicentina, o Sol, a praia, e claro, ao som da melhor música da atualidade.

OrelhaNegra-13Hoje foram divulgados alguns dos nomes que vão aquecer ainda mais as noites alentejanas,  nomeadamente para o Palco MEO ( o principal). No dia 8 de Agosto atuam os SOJA, que vão apresentar temas do álbum Strength to Survive  (eleito álbum do ano pelo público  Reggae). Seguindo-se Richie Campbell, que promete continuar mostrar que em Portugal o reggae tem uma voz ativa, cada vez com mais força, ele que com Focused, disco lançado em finais de 2012 em que o artista reforça a sua determinação com colaborações de peso como o de Kimani Marley, filho de Bob Marley.

2-sw2No dia 9 atuam os  Fatboy Slim, diretamente de Brighton e com mais de 15 anos de carreira, um dos maiores DJs de sempre e um dos mais requisitados músicos electrónicos dos nossos tempos, assim como os Donavon Frankenreiter com cinco álbuns na carteira, é precisamente o seu último trabalho Start Livin, que Donavon promete continuar a dar voz à mítica do surf, da praia e do calor.

Dia 10 é a vez de Calvin Harris e de  Cee Lo Greem pisarem o palco, assim como os Expensive Soul que vão soltar os ritmos  do soul, funk, rythm’n’blues e reggae, e até hoje os Expensive Soul têm escalado sucesso atrás de sucesso. Depois de Utopia que lhes garantiu a merecida consagração, os Expensive Soul vão ter disco novo ainda este ano, bem a tempo de o apresentar ao vivo no MEO Sudoeste.

Dia 11 é a vez  Snoop Lion, Snoop Dogg é agora Snoop Lion que traz Reincarnated, documentário e álbum que apresenta, neste concerto e que conta a história da sua viagem à Jamaica que o mudou espiritualmente. Os Orelha Negra sobem ao palco demonstrando que o Festival também conta com bandas nacionais, sendo que este é um exemplo dos projectos mais criativos e consistentes da música nacional, do momento.

1-sw1O Palco Moche Vibrations tem já a presença confirmada dos Capleton, que com vinte álbuns de sucesso, é uma referência  inabalável na onda Rastafari, tem construído uma carreira fortíssima.

O campismo está também garantido, tal como a presença do supermercado Intermarché, pelo terceiro ano consecutivo, que pretende mais uma vez facilitar a vida aos festivaleiros que ficam aqui instalados durante cerca de uma semana.

O passe de 5 dias para o festival vai estar disponível com condições especiais MEO, já a partir de amanhã – 20 de fevereiro e até 31 de maio, nas lojas PT Bluestore: com 30 euros de desconto para todos os clientes M4O e com 15 euros de desconto para todos os clientes MEO.

Os bilhetes vão estar à venda nos locais habituais e têm os seguintes valores: Passe 5 dias (com campismo incluído) – 95 euros, Bilhete Diário – 48 euros ; Passe pelo o Zmar Zmóvel (2 pessoas casal ou single) 75 euros;  Passe pelo Zmar Alvéolos 150 euros, Passe pelo Zmar Alvéolos + 5 Almoços 205 euros.

Texto de Margarida Vieira Louro
Foto dos Orelha Negra de Sara Santos

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.