Sugestão de Leitura: A Águia da Nona Legião, de Rosemary Sutcliff

A Nona Legião foi enviada para o norte da Britânia para reprimir uma insurreição entre as tribos nativas, tendo desaparecido sem deixar rasto. Quatro mil homens desvaneceram-se no ar, acompanhados do seu estandarte que ostentava uma Águia dourada. Marcus, é filho do comandante da Legião perdida e parte rumo ao desconhecido, procurando averiguar do paradeiro do pai, numa missão tão arriscada que ninguém espera vê-lo regressar com vida…

A Águia da Nona Legião é o primeiro volume de uma trilogia, da autoria de Rosemary Sutcliff, e é considerado uma das obras mais notáveis da literatura juvenil do século XX, conta com mais de um milhão de exemplares vendidos em todo o mundo.

Rosemary Sutcliff nasceu a 14 de Dezembro de 1920, em Surrey, mas passou a infância em Malta e percorreu diversas bases navais, acompanhando o pai. Contraiu artrite reumatóide muito jovem, passando grande tempo com a mãe, que era uma contadora nata de histórias e conhecedora das lendas celtas e saxónicas. Ingressou na Bideford Art School. Começou a escrever para crianças, mas a qualidade e profundidade dos seus livros atraiu o público em geral. Começou a sua carreira com The Chronicles of Robin Hood, seguiu-se The Eagle of the Ninth, o seu romance mais conhecido. Em 1959 ganhou a medalha Carnegie com o livro The Lantern Bearers. The Mark of the Horse Lord ganhou o primeiro Phoenix Award em 1985 e The Shining Company em 2010. Morreu em 1992.

A Águia da Nona Legião, de Rosemary Sutcliff é uma edição Gradiva, Fora de Colecção, com 304 páginas, à venda por 15,75 euros.

Texto de Clara Inácio

Deixar uma resposta