Sensualidade de Rihanna aqueceu Meo Arena

Reportagem de Tânia Fernandes e António Silva

rihanna_12

Os concertos para a família continuam a ser um sucesso. A Diamonds World Tour de Rihanna voltou ontem a encher o recém-batizado Meo Arena. Mães e filhas apresentaram-se de cartaz em riste, pois na era da comunicação global, todos parecem ter uma mensagem especial a dar à cantora. Cabelos curtos pintados e calças rasgadas passeavam nas imediações do recinto, prova de que o look da artista faz parte dos ditames da teen fashion.
Rihanna fez esperar, e desesperar, atrasando a entrada em cerca de hora e meia. Até lá a multidão cantou, assobiou e fez a festa com algumas vedetas que fizeram questão de mostrar que estavam presentes.
A cortina caiu ao som de “Mother Mary” e a plateia iluminou-se com os telemóveis que todos ergueram para registar o momento. Rihanna entrou sóbria para logo a seguir despir a capa que a cobria e começar a fazer subir a temperatura. Numa batida frenética, percorreu os êxitos que a têm colocado no top de músicas, fazendo com que seja considerada recordista de vendas pelo mundo inteiro. “Phresh Out The Runway”, “Birthday Cake”, “Talk that talk” foram as primeiras músicas a conquistar terreno. O palco é cenário de multimédia e pirotécnia que suporta bailarinos e a própria, que num misto de fenómeno do marketing e pseudo rebelde encena sucessivamente poses provocadoras. O veste-despe é constante e usado como arma de sedução.
Unapologetic, o mais recente álbum, esteve em destaque neste alinhamento, ao qual não faltaram outros temas que têm marcado a sua curta, mas bem sucedida carreira. A prova de que lhe corre cultura caribenha no sangue sente-se em temas como “You da One” e “Man Down”. Incendeia quando dá corpo a “Jump” ou “Umbrella”. A casa quase vem abaixo ao pegar em “Don’t Stop The Music” ou “Where Have You Been”.
“Stay” e “Diamonds” para a despedida, num concerto que é mais um grande espetáculo visual. Aos 25 anos e com 7 discos editados, percebe-se que esta menina usa as armas certas e se movimenta nesta guerra da música como uma veterana.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixar uma resposta