Placebo e Blasted Mechanism brilharam sexta-feira em Algés

Fotos de: Sara Santos

O Optimus Alive regressou ao Passeio Marítimo de Algés, nos dias 9, 10 e 11 de Julho,  numa edição que este ano integrou as celebrações dos 250 anos do Concelho de Oeiras, e na qual se destacaram nomes como Mettalica, Slipknot, The Prodigy, Placebo,  The Black Eyed  Peas, Blasted Mechanism, entre outros.alive_blasted6

Sexta-Feira contou com cerca de 30 mil festivaleiros, que se deslocaram a Algés para assistir aos concertos no Palco Optimus de: The Prodigy, Placebo, Blasted Mechanism,The Kooks, Eagles of Death Metal e Os Pontos Negros. No Optimus Discos deram música Zig Zag Warriors (Zé “Zig” Pedro e Miguel “Zag” Quintão), Coldfinger, Dj Ride, Bezegl e Youthless.

Nos outros dois dias destacaram-se Metallica, Slipnot, Machine Head, Dave Mathews Band, Black Yeyd Peas ou Chris Cornell.
No palco optimus discos os DJ’s Nuno Lopes , Mr Mitsuhirato, DJ Kitten e Sofia M fizeram a festa.

alive_blastedx

Os grandes destaques da noite foram sem dúvida Placebo, que interpretaram temas do mais recente trabalho da banda, Prodigy, que demonstraram ter uma excelente interacção com o público e os portugueses Blasted Mechanism, que com os seus fatos e intrumentos extravagantes há muito conquistaram o público.placebox

Pelo festival deste ano passaram 100 mil pessoas (segundo a imprensa), que assistiram a cerca de 60 artistas, ao longo de 81 horas de música, em três palcos diferentes: Palco Optimus, Palco Super Bock e Palco Optimus Discos,  além do Espaço de Arte, que este ano apresentou uma exposição de fotografias de Rita Carmo.

Presença repetente foi o Instituto Gulbenkian de Ciência, que apresentou como novidade o Champimóvel, uma das grandes surpresas da edição deste ano a par da “Optimus Watchtower”, uma torre com 11 metros de altura, localizada atrás da régie e com vista privilegiada para o palco e do “Internet Lounge”.

alive_prodigyx

alive_prodigy7 alive_prodigy3

A produção foi mais uma vez da Everything is New.

Blasted Mechanism:

Placebo:

Deixar uma resposta