Livro da autoria de Eula Carvalho Pinheiro sobre Saramago à venda na Fundação em Lisboa

EulaCarvalhoSARAMAGO

Eula Carvalho Pinheiro investiga esta viagem de Saramago, dialoga com o autor para descobrir que talvez ele não tivesse razão quando fez da sua obra um antes e um depois, parece dizer-lhe que todas as suas ficções, toda a sua vida, são a descrição da pedra porque ela é a matéria mais sólida da qual se ergue a realidade que somos. As ficções e os seres humanos que as lemos. Disto trata Eula Carvalho, que escreveu um livro indispensável para os que amam a obra de Saramago, ou seja, ao autor que construiu a realidade à base de ficções que nos fortalecem e dignificam.

Estas são as palavras de Pilar del Río no prefácio do livro de Eula Carvalho Pinheiro José Saramago: tudo, provavelmente, são ficções; mas a literatura é vida, editado pela Musa Editora e disponível agora na Fundação José Saramago.

Segundo as palavras da autora em entrevista ao jornal Tribuna de Minas na altura do lançamento do livro no Brasil, em dezembro de 2012. “O meu compromisso é mostrar a coerência de José”.  Nesta obra, feita no âmbito do mestrado concluído em 1993, Eula Pinheiro debruça-se sobre sete livros de José Saramago, entre o Manual de Pintura e Caligrafia e a História do Cerco de Lisboa. Embora Evangelho segundo Jesus Cristo tenha surgido entretanto, Eula não considerou esse livro por ter sido publicado muito próximo da conclusão do estudo. Como sublinha na introdução, dois factos essenciais ocorreram entretanto – o Prémio Nobel da Literatura, em 1998, e a morte do escritor, em 2010.

Em agosto de 2010, a investigadora conheceu Pilar del Río no Brasil e desde então deslocou-se várias vezes a Portugal e também a Lanzarote. Desenvolve actualmente um trabalho de doutoramento sobre a obra não ficcional de José Saramago.

Domingos Lobo, responsável pelo posfácio, escreve que “Há nesta interpretaçao de Eula Carvalho Pinheiro, nesta certeza certa que só a literatura inscreve em nossos imaginários, uma releitura sagaz e oportuna sobre os objectos, os eixos estruturantes da bagagem metafórica e intáctica de José Saramago: ler este mundo sem preconceitos, descomplexadamente, eis o que faz a autora neste brilhante livro. Apetece voar de novo, atrelado a esta análise, feita de rigor e objectividade, pelos textos de Saramago e redescobrir neles, com redobrado prazer, as determinantes que este estudo configura e expressa.”

A obra, editada pela Musa Editora, foi lançada no mercado brasileiro em dezembro de 2012 e está agora disponível na loja da Fundação José Saramago, na Casa dos Bicos, com o preço de 25 euros.

Texto de Sandra Dias

 

Deixar uma resposta