Guimarães 2012 acolhe oito espetáculos de teatro e dança

No decorrer do mês de novembro, Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura vai presentear os seus visitantes com oito espetáculos de teatro e dança que vão abordar vários temas desde o desemprego à esperança, o fracasso à relação entre gémeos.

O projecto Everyone Expects to Grow Old But No One Expects to Get Fired com direção artística da jugoslava Sanja Mitrovic e em conjunto com o  Teatro Oficina de Guimarães sobe em cena no dia 15 de novembro às 22h00 na Fábrica Lameirinho. Esta peça junta cinco desempregados da região, cinco atores portugueses e os operários da Fábrica Lameirinho.

De destacar também no dia 15 às 22h00 e até dia 17 na Fábrica ASA – Caixa Negra, o espetáculo do reconhecido bailarino Rui Horta que estudou e ensinou em Nova Iorque e dirige atualmente a Companhia de Dança de Lisboa, Estado de Excepção. Segundo o coreógrafo, a performance “é sobre o fracasso olhado como sucesso, é sobre a poética do fracasso que sublima a crise e se entrega à rebelião e à luta”.

No dia 19 de Novembro às 22h00 e até dia 24, no Centro Cultural Vila Flor, estreia o projeto Jim de  Paulo Ribeiro, diretor da companhia de dança com o seu nome. Este espetáculo é uma obra coreográfica para sete bailarinos recorrendo à projeção de vídeo e tem como objetivo “recuperar a memória e cultivar a consciência da rebentação do tempo sem morrer na praia”.

Já no final do mês, no dia 30 às 22h00 e também no dia 1 de dezembro, Madalena Victorino apresenta A Lã e a Neve na Caixa Negra da Fábrica ASA. Esta peça trata da relação especial entre gémeos inspirado na colaboração que a coreógrafa teve de três grupos de gémeos.

A programação e outras informações podem ser consultadas no site.

Texto de Joana Resende

 

Deixar uma resposta