Festival Literatura em Viagem arranca amanhã

LEV___LEVZINHOEntre 23 e 26 de maio, 25 autores nacionais e internacionais rumam a Matosinhos, para a sétima edição do festival Literatura em Viagem, que este ano inclui novidades para o público mais jovem.

Francisco José Viegas, Pilar del Rio, Jerónimo Pizarro, Valter Hugo Mãe, João Luís Barreto Guimarães, Afonso Cruz e Nuno Camarneiro são apenas alguns dos consagrados nomes da literatura portuguesa confirmados para a 7.ª edição do LeV — Literatura em Viagem, que este ano terá como mote o papel da literatura na redefinição de um país.

“O que fazer quando tudo arde”, é o verso de Sá de Miranda, que serve de base para o festival e que convida os autores e leitores a refletirem ativamente sobre o seu Portugal Invisível, qual Marco Polo em As Cidades Invisíveis, de Italo Calvino.

No entanto, a principal novidade da edição deste ano é o LeVzinho, uma secção do festival exclusivamente dedicado aos mais pequenos e que irá contar com Oficinas de livreiro, horas do conto e uma mesa de debate moderada pela autora Adélia Carvalho onde os mais jovens poderão participar no âmbito do Literatura em Viagem e que ocorrerão, como habitualmente, na Biblioteca Municipal Florbela Espanca.

Jerónimo Pizarro, vencedor do prémio Eduardo Lourenço 2013 e o maior especialista mundial na obra de Fernando Pessoa, irá proferir a conferência inaugural do LeV que terá lugar a 24 de maio e que terá como tema os 125 anos de Fernando Pessoa.

Nos dias 25 e 26, durante a manhã e a tarde, decorrerão na Biblioteca Municipal Florbela Espanca as cinco mesas que se propõem pensar e debater o futuro de Portugal a partir da literatura.

Texto de Sandra Mesquita
 

Deixar uma resposta