Enoturismo do Esporão tem nova Carta de Primavera

workshop_esporao (3)O restaurante do Enoturismo do Esporão, em Reguengos de Monsaraz, no Alentejo, tem uma nova  carta, especialmente preparada para a primavera, da responsabilidade do Chefe Miguel Vaz e  reforça a aposta nos sabores tradicionais  reinventados, e nos vinhos e azeites da sua própria produção.

A Carta de Primavera integra legumes como os espargos, as ervilhas ou as favas e os queijos frescos e requeijão. A combinação de técnicas mais recentes, como as cozeduras em vácuo ou os sifões, com métodos tradicionais, como o forno de lenha recentemente instalado, bem como a proximidade ao mundo do vinho e a ligação com a paisagem, demonstram a preocupação em aliar a força da tradição com a contemporaneidade.

enoturismo_esporao (9)

Nas entradas, a nova carta apresenta como sugestões Soufflé de Bacalhau e Queijo com salada da época, farinheira de porco preto, ovo cozido a baixas temperaturas com espargos ou trouxas de queijo de cabra com vinagrete de mel. Seguem-se as sopas típicas da região como o creme de ervilhas com azeite de hortelã e paleta de porco preto de bolota e, claro, a imprescindível açorda de bacalhau com poejos, queijo de cabra fresco e ovo escalfado.

workshop_esporao (2)Entre os pratos de peixe, encontra-se o polvo em forno a lenha com vinho tinto e batatas de coentrada e o bacalhau com favas e papada de porco preto em caldo aromático. Mas a carta reserva um espaço especial para as carnes alentejanas e de caça, onde se incluem a receita familiar de assado do Esporão, o bife de lombo Carnalentejana DOP, o porco preto confitado e grelhado na lenha, o Peito de Pombo Torcaz com Arroz de Cogumelos Silvestres e as costeletas de borrego grelhadas com arroz cremoso de açafrão.

workshop_esporao (1) workshop_esporao (4)

 

Duas Castas 2012As iguarias prolongam-se para o final da refeição, onde se sugere uma selecção de queijos alentejanos acompanhados do mel e das compotas da Herdade e uma irresistível selecção de sobremesas que remetem para as memórias doces do Alentejo, nomeadamente o Tatin de Maçã bravo de esmolfe do Alto Alentejo, o creme brulée de chá, inspirado na receita do Convento da Esperança em Beja, a sericaia com ameixa de Elvas e o requeijão assado com sorvete de laranja.

Completam a oferta gastronómica, os azeites do Esporão e os vinhos da herdade, como o novo branco 2 Castas  (ideal para acompanhar peixes grelhados, mariscos e carnes brancas), ou o 4 Castas. Entre os vinhos tintos, a escolha pode ser entre um dos vários alentejanos da carta ou o Duriense Assobio.

Várias propostas que valem a pena descobrir e experimentar, num passeio até ao Alentejo.

Por Elsa Furtado

Deixar uma resposta