Cubano Ares e norueguês Egil são os vencedores do World Press Cartoon 2012

Sintra recebe a 8ªEdição do  World Press Cartoon no Sintra Museu de Arte Moderna. Este ano foram atribuídos dois Grand Prix em ex aequo, ao cubano Ares e ao norueguês Egil. Os temas em destaque nesta edição são Strauss -Khan, as Primaveras árabes, Fuckushima  e a crise europeia, que já provém de 2010.

O World Press Cartoon Sintra 2012 distingue e dá a conhecer os melhores trabalhos produzidos e publicados na imprensa mundial, nas áreas de cartoon editorial, caricatura e desenho de humor durante 2011. O júri seleccionou 260 cartoonistas e 343 desenhos para estarem presentes na deste ano.

Ares ganhou o primeiro prémio na categoria Cartoon Editorial e ainda o Grand Prix, com um cartoon sem título, publicado em outubro de 2011, no jornal cubano Juventud Rebelde. O norueguês Egil arrecadou também um Grand Prix, juntamente com o primeiro prémio na categoria de Caricatura, pelo desenho de Stauss-Kahn, onde este tem a forma de mealheiro encostado a uma parede, publicada no jornal norueguês Romerikes Blad, em maio passado.

O segundo prémio da categoria Cartoon Editorial foi atribuído ao espanhol David, com um cartoon alusivo à massificação do dispositivo móvel Blackberry, publicado no espanhol Moneda Única em outubro. Goran Divac, com o cartoon Talheres arrecadou o terceiro prémio, publicado em Setembro de 2011 no jornal Vecerne Novosti.
Na categoria Caricatura, o segundo prémio foi atribuído ao espanhol Carbajo, com uma caricatura alusiva aos irmãos Windsor, publicada no El Jueves, em maio passado, e o sueco Riber ficou com o terceiro prémio, pela caricatura de Silvio Berlusconi no jornal Sydsvenskan.

Na área Desenho de Humor, o primeiro prémio foi atribuído ao romeno Pavel, com o desenho Ecology, publicado em dezembro passado no jornal Ziarul de Vrancea. Em segundo lugar ficou o desenho La Opinion, da autoria de Turcios, que retrata uma radiografia do cérebro humano, onde os ossos são de um macaco e o cérebro tem a forma de uma banana. Na terceira posição ficou Agim Sulaj, com Africa Children, publicado no jornal italiano La Stampa.

O júri deste ano foi composto pelo francês Jean Mulatier, por Liza Donnelly dos EUA, por Fernando Puig Rosado de Espanha, pelo holandês Peter Nieuwendijk e por António Antunes.

A exposição é de acesso gratuito e possibilita uma retrospectiva ao ano 2011, com uma selecção dos melhores desenhos de humor publicados pela imprensa em todo o mundo.

A exposição está patente de terça a sexta, entre as 12h00 e as 18h00 e aos sábados, domingos e feriados das 10h00 às 18h00, no Centro Cultural Olga Cadaval.

 

Texto de Clara Inácio
Fotos gentilmente cedidas pela organização
 

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.