Cubano Ares e norueguês Egil são os vencedores do World Press Cartoon 2012

Sintra recebe a 8ªEdição do  World Press Cartoon no Sintra Museu de Arte Moderna. Este ano foram atribuídos dois Grand Prix em ex aequo, ao cubano Ares e ao norueguês Egil. Os temas em destaque nesta edição são Strauss -Khan, as Primaveras árabes, Fuckushima  e a crise europeia, que já provém de 2010.

O World Press Cartoon Sintra 2012 distingue e dá a conhecer os melhores trabalhos produzidos e publicados na imprensa mundial, nas áreas de cartoon editorial, caricatura e desenho de humor durante 2011. O júri seleccionou 260 cartoonistas e 343 desenhos para estarem presentes na deste ano.

Ares ganhou o primeiro prémio na categoria Cartoon Editorial e ainda o Grand Prix, com um cartoon sem título, publicado em outubro de 2011, no jornal cubano Juventud Rebelde. O norueguês Egil arrecadou também um Grand Prix, juntamente com o primeiro prémio na categoria de Caricatura, pelo desenho de Stauss-Kahn, onde este tem a forma de mealheiro encostado a uma parede, publicada no jornal norueguês Romerikes Blad, em maio passado.

O segundo prémio da categoria Cartoon Editorial foi atribuído ao espanhol David, com um cartoon alusivo à massificação do dispositivo móvel Blackberry, publicado no espanhol Moneda Única em outubro. Goran Divac, com o cartoon Talheres arrecadou o terceiro prémio, publicado em Setembro de 2011 no jornal Vecerne Novosti.
Na categoria Caricatura, o segundo prémio foi atribuído ao espanhol Carbajo, com uma caricatura alusiva aos irmãos Windsor, publicada no El Jueves, em maio passado, e o sueco Riber ficou com o terceiro prémio, pela caricatura de Silvio Berlusconi no jornal Sydsvenskan.

Na área Desenho de Humor, o primeiro prémio foi atribuído ao romeno Pavel, com o desenho Ecology, publicado em dezembro passado no jornal Ziarul de Vrancea. Em segundo lugar ficou o desenho La Opinion, da autoria de Turcios, que retrata uma radiografia do cérebro humano, onde os ossos são de um macaco e o cérebro tem a forma de uma banana. Na terceira posição ficou Agim Sulaj, com Africa Children, publicado no jornal italiano La Stampa.

O júri deste ano foi composto pelo francês Jean Mulatier, por Liza Donnelly dos EUA, por Fernando Puig Rosado de Espanha, pelo holandês Peter Nieuwendijk e por António Antunes.

A exposição é de acesso gratuito e possibilita uma retrospectiva ao ano 2011, com uma selecção dos melhores desenhos de humor publicados pela imprensa em todo o mundo.

A exposição está patente de terça a sexta, entre as 12h00 e as 18h00 e aos sábados, domingos e feriados das 10h00 às 18h00, no Centro Cultural Olga Cadaval.

 

Texto de Clara Inácio
Fotos gentilmente cedidas pela organização
 

Deixar uma resposta