Comece o ano com uma escapadinha até ao Monte do Giestal no Alentejo

Reportagem de Cristina Alves (texto) e Telmo Marques (fotos)

Surgido do sonho de poder partilhar com todos os visitantes “a simplicidade no bem receber, os sabores únicos da gastronomia local, a paisagem relaxante dos campos alentejanos e os aromas da terra”, foi inaugurado em finais de Outubro passado, o Monte do Giestal, um idílico refúgio campestre, localizado no concelho de Santiago do Cacém, freguesia de Abela. Construída numa propriedade familiar, a unidade de turismo em espaço rural, cujo investimento ultrapassou os 1,5 milhões de euros, é composta por dez casas de campo independentes. O C& H visitou o Monte e deixou-se encantar pela magia do campo.

Numa vasta zona de sobreiros, ideal para um agradável passeio de bicicleta ou uma caminhada, que pode estender-se pelos mais de 70 hectares da propriedade, onde a mão humana é praticamente inexistente, encontramos um Monte onde nada foi deixado ao acaso e onde tudo foi pensado para uma melhor ocupação do tempo de lazer e descanso.

Para dar apoio às dez casas de campo existentes, é disponibilizada uma série de serviços que inclui uma sala de jogos (com snooker e setas), sala de estar e esplanada, uma piscina exterior, court de ténis e um spa com uma oferta variada de massagens e banhos. Feita a pensar nas famílias, esta unidade hoteleira dispõe também de um espaço para crianças e conta com a instalação de um canil/gatil para os animais de estimação.

De traça tradicional, as casas de campo, que variam entre as tipologias T1 e T2 – uma das casas está preparada para receber pessoas com mobilidade reduzida – com capacidade máxima para 4 e 6 pessoas, aliam a simplicidade rural ao conforto e a equipamentos modernos como ar condicionado, cozinhas equipadas com fogão, frigorífico, máquina de lavar loiça e salas com lareira para os dias mais frios. Cada casa é subordinada a um tema, sempre relacionado com as espécies locais, que pode variar entre o nome de uma árvore (ex: sobreiro, azinheira, medronheiro) ou de um fruto (lande, bolota, medronho, etc.).

A decoração do Monte do Giestal remete igualmente para a tipicidade alentejana, uma vez que recorre a materiais regionais como a cortiça ou a madeira de azevinho, utilizadas nas cabeceiras das camas, mesas e em várias outras peças de decoração. Os materiais utilizados foram transformados de forma artesanal de modo a tornar o ambiente único, simples, autêntico e acima de tudo confortável e acolhedor.

Em harmonia com a natureza

“O fato da unidade estar inserida no meio do montado foi para nós uma fonte de inspiração e um factor de diferenciação. Os principais materiais utilizados nas cabeceiras das camas, nas mesas e nas várias peças de decoração são de cortiça ou em madeira de azinho. Também no Spa apostámos em materiais endógenos. De modo geral privilegiámos os saberes e as raízes alentejanas para oferecer aos nossos hóspedes uma confortável e diferenciadora experiência”, diz Guida Silva, sócia gerente da empresa Guipesil – Gestão de Imóveis, Lda., proprietária da unidade turística.

Como complemento ao alojamento e a uma boa refeição, ou até mesmo para descansar do esforço dispendido com as actividades ao ar livre, surge o espaço SPA, que nos mais de 300 m2 de área coberta dispõe de piscina climatizada com variados jogos de massagens, sauna de infravermelhos, banho turco, duche sensações, duche vichy, gabinetes de massagens, sala de hidromassagem em banheira de Ofurö e de relaxamento e um ginásio.

Aliado ao conceito de saúde pela água, o Monte do Giestal pretende associar também o bem estar pelo ambiente campestre e pela integração daquilo que é mais característico do Alentejo.

O espaço de wellness, segundo Guida Silva, é de exploração própria e tem “um conceito único, pois é 100% alentejano em termos de decoração e enquadramento no meio envolvente”. “Não queremos seguir o caminho traçado pelas grandes marcas, mas sim ser um espaço único e flexível de acordo com as preferências de cada cliente”, explicou a responsável ao C&H aquando da visita ao local.

Para além de todos os serviços e atividades pré-definidas, há ainda a possibilidade de ter experiências à medida, como uma massagem à sombra do sobreiro, um jantar romântico privado ou um cesto de piquenique preparado para um passeio no campo. Aqui há também a possibilidade de reservar as suas refeições mas se preferir confecioná-las na sua casa de campo e aborrece-se de ir às compras, o Monte do Giestal dispõe de serviço de entregas ao domicílio, assim como de lavandaria e de cabeleireiro/manicure/pedicure (sob marcação).

Como já dissemos, nada foi deixado ao acaso e tudo foi pensado para um retiro em paz com a natureza, nós já o descobrimos, agora é a sua vez de o fazer.

 

 

Deixar uma resposta