Alenquer junta-se à Rede de Judiarias de Portugal

O município de Alenquer vai aderir à Rede de Judiarias de Portugal , uma associação que foi criada em março deste ano com o objetivo de incentivar a recuperação e promoção do património urbanístico e arquitetónico associado à herança judaica e a promoção cultural e turística desta componente da identidade nacional. A adesão de Alenquer a este novo projeto, que arrancou com nove municípios, seis regiões de turismo e uma comunidade judaica, é fundamentada pelo seu passado histórico intimamente ligado à presença judaica em Portugal.

A proposta de adesão do município, na sequência de um convite formulado por Jorge Patrão, presidente da Entidade de Turismo da Serra da Estrela e secretário-geral da Rede de Judiarias de Portugal, foi aprovada pelo executivo camarário alenquerense, por unanimidade. Segundo o responsável, a Rede de Judiarias está “actualmente em negociações com mais nove novos municípios, entre os quais Angra do Heroísmo e Évora”, que também tencionam aderir ao projeto. Para Jorge Patrão, esta é a prova que o projecto está a ter grande aceitação a nível nacional.

Da rede fazem já parte as entidades regionais de Turismo da Serra da Estrela, Douro, Oeste, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve, os municípios de Belmonte, Guarda, Trancoso, Lamego, Penamacor, Freixo de Espada-à-Cinta e Castelo de Vide e a comunidade judaica de Belmonte.

Texto de Cristina Alves

Deixar uma resposta