A Cabeça de Séneca é o primeiro romance de Paulo Bugalho numa edição Gradiva

A Cabeça de Séneca traz-nos três jovens, Pedro, Paulo e Lídia, perdidos numa teia bem urdida pela história e pelo destino. Os caminhos cruzam-se e voltam-se a cruzar, num misto de incertezas, medos, sonhos, alegrias, afectos e diferenças.

Com o evoluir da história o leitor vai-se apercebendo que nada é o que parece e o triângulo desaparece e a felicidade imperará! A acção percorre Portugal, entre a noite de Lisboa, as paisagens de Sintra e as ruas de Évora, na tentativa da redacção do primeiro romance, a resolução de uma questão científica e uma nova história para o passado de Séneca.

Paulo Bugalho venceu o Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís 2010, instituído pela Estoril-Sol, pertence à nova vaga de escritores portugueses, nasceu em 1975 em Coimbra ,e vive atualmente em Évora onde é neurologista. Escreve desde 1995 e este é o seu primeiro romance a ser publicado, com a chancela da Gradiva.

Por Clara Inácio

Deixar uma resposta