Viver As Férias Da Páscoa Nos Parques E Monumentos De Sintra

Os Parques e Monumentos de Sintra celebram a Páscoa e o “renascimento” da natureza, que durante o inverno parece hibernar, mas que em abril, explode em cores e aromas. Com a duração dos dias a crescer e o bom tempo a chegar, as férias da Páscoa são a altura perfeita para redescobrir os prazeres da vida ao ar livre, aproveitando as propostas dos parques e monumentos de Sintra.

No fim-de-semana da Páscoa, a 20 de abril, o programa “Aqui Há Burro!”, que acontece regularmente na Tapada de D. Fernando II, junto ao Convento dos Capuchos, todos os sábados do mês, às 10h00, 12h00 e 15h00, terá sessões especiais para assinalar esta época festiva. Como habitualmente, crianças e adultos são convidados a interagir com os burros, numa atividade que revela aspetos menos conhecidos destes simpáticos animais. No final, todos desfrutam de um agradável passeio pela floresta de Sintra, onde se realizará uma divertida caça aos ovos, entre muitas outras surpresas.
“Aqui há burro” é recomendado para famílias com crianças dos 3 aos 12 anos, tendo uma duração de 1h30 e um custo de 10 euros por pessoa. Os passeios poderão ser cancelados, caso as condições meteorológicas sejam adversas.

Ainda no dia 20 de abril, sábado, às 11h00, há “Famílias na Floresta”, na Quintinha e Tapada de Monserrate. Nestas sessões, implementadas pela Parques de Sintra e pela Movimento Bloom, promove-se a religação das crianças e das suas famílias à natureza. Ao sol ou à chuva, todos são incentivados a brincar, correr, trepar, jogar, fazer abrigos e trabalhos de artes plásticas com elementos naturais, dando largas à imaginação. Desta forma, estimula-se a aquisição de competências individuais e coletivas, a criatividade, o espírito de equipa, a cumplicidade, a valorização e o respeito pelos outros e pela biodiversidade.
“Famílias na Floresta” é recomendado para famílias com crianças dos 4 aos 12 anos, tendo uma duração de duas horas e um custo de 8 euros por pessoa.

Ainda no âmbito da descoberta do mundo natural, a última proposta para este fim-de-semana tem lugar, igualmente, a 20 de abril. “Do Parque à Tapada: a Natureza em Sintra e em Mafra”, que começa às 10h00 na Tapada de Monserrate e às 14h30 na Tapada Nacional de Mafra, é um programa conjunto que dá a conhecer a diversidade de ecossistemas do Parque Natural de Sintra – Cascais – área protegida à qual pertence a Tapada de Monserrate – e a magnífica floresta antiga e autóctone da Tapada Nacional de Mafra.
Na Tapada de Monserrate, o visitante explora a história natural da serra de Sintra, o seu microclima peculiar, conceitos como a forest food, a sucessão ecológica, as espécies invasoras, entre outros. Ao longo do percurso, os visitantes serão ainda surpreendidos pela presença de esculturas em madeira de mamíferos de médio e grande porte, atualmente inexistentes na serra de Sintra mas que, num passado recente, habitaram esta paisagem. Em Mafra, por um trilho menos explorado, os visitantes descobrirão uma floresta madura e que, por se encontrar protegida por um muro, consegue garantir condições de excelência para espécies vulneráveis e mesmo em perigo de extinção que aqui se alimentam, reproduzem e abrigam.
“Do Parque à Tapada: a Natureza em Sintra e em Mafra” destina-se a todas as idades, tendo a duração de 1h30 em Monserrate e 2h00 em Mafra e um custo de 13 euros por adulto, 11 euros jovens e seniores e 45 euros por famílias (2 adultos * 2 crianças).

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.