Vinhos Cabeça De Toiro À Mesa Com Sushi

Reportagem de Tânia Fernandes e António Silva

Workshop de Sushi - Cabeça de Toiro

Estabelecer a ponte entre o prato e o copo, tem vindo a ser a orientação dos vinhos Cabeça de Toiro. Desta vez, a marca da Enoport propôs uma ligação entre o sushi e os vinhos Reserva Branco, o novíssimo Arinto, assim como com o Rosé. Peixe preparado de forma oriental para saborear com os vinhos frescos.

A Cabeça de Toiro, promoveu assim um workshop na Academia Vaqueiro onde nos foi ensinado a preparar sushi, passando por todas as fases do processo. Começámos por preparar os ingredientes: o arroz e a forma como é cozinhado; o peixe que chegou inteiro e vimos desmanchar à frente, sendo-nos explicado a divisão e utilidade de cada uma das partes que o constituem e depois os restantes ingredientes que se juntam às peças de sushi.

De copo na mão, formos também conhecendo as novidades da marca de vinho. O Cabeça de Toiro Reserva Branco 2016 é um vinho DOC Tejo com 50% Arinto, 25% Chardonay e 25% Sauvignon-Blanc. Muito fresco, vai buscar o aroma de frutos tropicais, ananás e alperce. Acompanha charcutaria condimentada, peixes assados no forno, carnes vermelhas guisadas e queijos.

Workshop de Sushi – Cabeça de Toiro

O Cabeça de Toiro Reserva Rosé 2015 divide-se entre as castas Touriga Nacional e Syrah. Tem um aroma complexo agradável, que faz lembrar a cereja e o morango. Agradável como aperitivo, acompanha também peixe ou marisco, pizza, comida chinesa e japonesa.

Por fim, a grande novidade, o Cabeça de Toiro Reserva Arinto Branco 2016, que saiu em edição limitada. É um monocasta, de aroma de frutos tropicais e citrinos. Lima e flor de laranjeira. Excelente para pratos de peixe, mariscos e queijos.

Preparados os ingredientes, foi nas bancadas da Academia que procurámos repetir o que Ricardo Martins – sushimen nos transmitiu em matéria de execução de nigiris, hossomakis, uramakis e temakis. Uma interessante lição, que nos fez dar ainda mais valor a quem enfrenta a cozinha para preparar este tipo de iguarias.

No final, e algumas horas depois, chegou finalmente o momento de degustação do que foi sendo preparado ao longo da noite.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.