Vila Galé Ribeira Uma Unidade A Descobrir E Para Descobrir O Porto

Reportagem de Elsa Furtado (Texto e Fotos)

De quatro prédios devolutos, casas e armazéns seculares, nasceu um hotel de charme e acolhedor, com vista para a Ribeira. Falamos do novo Hotel Vila Galé Porto Ribeira, que abriu este mês, e vem aumentar o portefólio do Grupo Vila Galé e reforçar a oferta do grupo hoteleiro no Porto.

Tendo por temática a Pintura, esta nova unidade de 4 estrelas, instalada na zona de Miragaia, bem pertinho do Rio Douro, no Cais das Pedras, é composta por 67 quartos, 14 dos quais com vista para o rio Douro, todos eles decorados com obras de pintores conhecidos, como Paul klee, Velásquez, Frida kahlo, Hayez, Gaugin, Bosch,Matisse, Vermeer, Van Gogh, Degas, Turner, Seurat, Caravaggio,Klimt, Roy Lichtenstein, Michelangelo, Monet, Kandinsky, Diego Rivera, Sisley, Hopper, Canaletto, Cézanne, Robert Delaunay, Picasso, entre outros. Os números dos quartos estão inscritos em paletas de pintura.

Nos corredores são os movimentos artísticos que marcam a decoração, do Renascimento ao período contemporâneo, toda ela da responsabilidade de Jorge Rebelo de Almeida – o presidente do Grupo Vila Galé. Modernismo, Cubismo, Romantismo, Tenebrismo, Pop Art e Expressionismo Abstrato são alguns dos movimentos aqui representados.

Simples, elegante, acolhedor este é um hotel para quem quer passear e descobrir a cidade a partir do rio. Sozinho, a dois, com amigos ou até em família. Os quartos não são muito espaçosos, por isso, nem sempre é possível colocar camas extras ou berços, as como é tradição no grupo de Jorge Rebelo de Almeida, as crianças e as famílias são sempre bem vindas. Uma noite aqui, pode rondar os 120/150 euros por noite em quarto duplo.

A entrada faz-se pelo lounge Almada Negreiros. É aqui que fica o bar, a recepção e o espaço de refeições. Nas paredes, a saudar os visitantes encontramos grandes mestres nacionais como Amadeu Souza Cardoso, Júlio Pomar, José Almada Negreiros, Paula Rego, Maria Helena Vieira da Silva, Graça Morais, Manuel Cargaleiro, Júlio Resende, Columbano Bordalo Pinheiro, José Malhoa, Eduardo Viana e Carlos Botelho, em retratos da autoria de Hélder Carvalho.

Entre as 11h00 e as 00h00 é possível tomar uma bebida, ou comer um snack no bar, no pátio, ou na esplanada. A carta, elaborada pelo Chefe executivo da Vila Galé Francisco Ferreira, inclui sanduíches, tostas, wraps, saladas, tábuas de queijo e enchidos, para além de alguns salgados e sobremesas.

Outra das novidades deste hotel é que é o primeiro do grupo com o conceito paper free, ou seja, aqui o uso de papel foi substituído pela utilização de smartphones, tablets e internet, de forma intuitiva, e ainda através dos televisores dos quartos.

O check in é feito através de tablets, que permitem também consultar preçários, conhecer promoções ou preencher os questionários de satisfação; e nos quartos, a informação está disponível através da TV, num portal com conteúdos exclusivo. Todas as ementas estão online, numa página criada para o efeito, e podem ser consultadas através do smartphone. A recolha de assinaturas e validação de documentos, a apresentação de contas e a entrega de faturas é toda feita eletronicamente.

Ainda não está definida, mas o hotel vai também contar com programação cultural e musical, especialmente à noite, acessível quer aos hóspedes quer aos visitantes (locais e estrangeiros).

A localização é outro dos pontos positivos deste Vila Galé Porto Ribeira. A partir daqui pode-se ir a pé até à Ribeira, visitar a Alfândega, o Museu dos Transportes e das Comunicações, o Museu do Carro Elétrico, o Museu do Vinho do Porto, o World of Discoveries, realizar um passeio de elétrico até à Foz, um passeio pelo rio, ou para os mais audazes um passeio pelos ares de helicóptero. O grupo tem várias parcerias, com descontos para os seus hóspedes que vale a pena aproveitar.

O Vila Galé Porto Ribeira é o 28º hotel da rede, que conta agora com 21 hotéis em Portugal- três na região norte do país – e sete no Brasil e resulta num investimento de mais de cinco milhões de euros.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.