Viagem Medieval De Santa Maria Da Feira Leva Visitantes Até Ao Tempo De D. Pedro I

Santa Maria da Feira recebe de 1 a 12 de agosto, a 22ª edição da Viagem Medieval em Terra de Santa Maria, desta feita sobre o Reinado de D. Pedro I, de cognome “Justiceiro” ou “Cruel”.

Uma aula de História viva assola a cidade, com animação e recriação de momentos marcantes do reinado de D. Pedro I. As portas desta viagem abrem-se para o ano de 1357 e os visitantes poderão deambular pelo burgo trajados a rigor, casar no Povoado, vestir a pele de um guerreiro, entrar no Campo de Batalha ou degustar as iguarias da época.

O Castelo, a Praça do Convento, as Tabernas, O Museu de Lóios, o Terreiro, entre outras tantas áreas da Viagem Medieval são os cenários da recriação de episódios da história de D. Pedro I, justiceiro ou cruel, associado irremediavelmente a D. Inês de Castro e ao amor que a morte não separou.

“De Amada a Rainha”, “Justiceiro e cruel” e “D.Pedro – El Rei de Portugal” são os cortejos dedicados a D. Pedro, ao seu nível de justiça e crueldade e à sua amada Inês, estando agendado para o dia 12 de agosto, pelas 19h00, o “Cortejo Real”.

O castelo acolhe diversos episódios da vida do Rei, a acontecer em vários dias da Viagem, com duração de cerca de meia hora – desde “a vingança”, aplicada aos assassinos de D. Inês de Castro, passando pela “coroação”, com a transladação do corpo de D. Inês de Coimbra para Alcobaça e “o sonho”, com as visões de salvamento do Reino.

Na Praça do Convento, o Rei participará de um festim nas tabernas; visitará o povoado, irá a banhos e receberá D. Pedro de Castela.

O Terreiro será o palco de espetáculos, como Amor Até ao Infinito e Sangue de Portugal. Investidura, momentos teatrais e recriações ocorrerão também nesta área do evento. Prática de Tiro com Arco e Treino de Escudeiro, por 1 euro e 1,50 euros respetivamente, são as propostas feitas aos visitantes.

O evento conta ainda com viagens no tempo ao quotidiano de um Castelo; subida às ameias; jogos e aventuras guerreiras e banhos de S. Jorge, atividades que decorrem todos os dias, com um custo de 3 euros.

Granja dos Animais, Albergue de Cavaleiros, Lago dos Feitiços, Sacos de História, Arraial Militar são algumas das áreas e atividades gratuitas, oferecidas aos visitantes.

Desvendar Pedro e Inês é o nome da exposição temporária, que poderá ser visitada, diária e gratuitamente, das 15h00 às 00h00, no Museu de Lóios. Espaço onde terão lugar oficinas de como fazer papel, “Moinho de Papel” e “Scriptorium”, oficina de escrita à pena e iluminura.

Registo ainda para a visita à Igreja Matriz de S. Nicolau com prova de regueifa doce, agendada para as 17h15, todos os dias do evento.

A viagem medieval conta com 67 espetáculos diários, entre acrobacias, música, dança, malabarismo, com animação circulante, de segunda a sexta-feira, das 14h00 à 01h00 e aos fins de semana, das 12h00 à 01h00.

Cerca de 250 artesões, mercadores e regatões instalam-se, por esses dias, na Feira, com uma mostra de produtos variada.

O Bilhete diário é de 2,50 euros, nos dias 1,2,6, 7 e 9 de agosto; 3,50 euros, nos dias 3,5,10 e 12 de agosto e 4,50 euros nos dias 4 e 11 de agosto. A pulseira, para todos os dias do evento, tem um custo de 8 euros. Crianças até 1,30 m de altura tem entrada gratuita.

A Viagem Medieval é organizada pela Câmara Municipal de Santa Maria de Feira, a Feira Viva e a Federação das Coletividades de Cultura e Recreio do Concelho de Santa Maria da feira, em parceria com a Sociedade de Turismo de Santa Maria da Feira e com o apoio da Porto e Norte – Turismo.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.