Vencedores Da MONSTRA 2019 Foram Revelados No Domingo

Porque é Este o Meu Ofício, a curta-metragem de Paulo Monteiro, foi o grande vencedor do Prémio SPA / Vasco Granja para Melhor Curta-Metragem Portuguesa do 18º Festival Monstra 2019. 

O júri, composto por três realizadoras (a canadiana Wendy Tilby, a portuguesa Catarina Sobral e a bielorussa Olga Titova) considerou que este filme, uma homenagem ao pai do realizador “Tem tudo: emoção, beleza e, claro, ofício. É um filme sólido com o equilíbrio certo entre bom storytelling e técnica.”

This Magnificent Cake, de Marc James Roels e Emma de Swaef, conquistou o Prémio RTP para Melhor Longa-Metragem. “O trágico, sombrio e irónico comentário sobre o colonialismo e o racismo tanto perturba quanto é cómico. Brilhantemente executado e sumptuosamente animado, é repleto de uma luz onírica que cria um universo único que nunca iremos esquecer.”, afirmam Janet Perlman, Wilson Lazaretti, Olivier Calvert, Lara Pereira e Alexandra Ramires, que compõem o painel de jurados desta competição.

O filme português Entre Sombrasdas realizadoras Alice Guimarães e Mónica Santos foi o escolhido pelo público nesta categoria e na categoria de Curtas-Metragens.

Ainda na Competição de Longas-Metragens, o filme Mirai, do japonês Mamoru Hosuda, recebeu o Prémio Melhor Filme para a Infância e Juventude e o filme brasileiro Tito e os Pássaros recebeu o Prémio do Público.

O Grande Prémio Monstra para as Curtas-Metragens foi atribuído ao filme The Egg, uma coprodução entre França e Dinamarca, realizada por Martina Scarpelli.

Na categoria de Curtíssimas, dedicada a filmes com menos de dois minutos, os vencedores foram os filmes Cupidiculous, de Panop Koowat (Competição Internacional), e Home Dog, de Emanuel Barros (Melhor Curtíssima Portuguesa – Prémio FNAC).

Na Competição de Estudantes, A Gong recebeu o Prémio Melhor Curta de Estudantes Internacionais e Sweet Algarve, de Catarina Gil, o Prémio de Melhor Curta de Estudantes Portuguesa.

O prémio Melhor Filme Monstrinha foi para The Metamorphosis of a Bottle Cup, de Kathryn Jankowski (Canadá).

A 18ª edição do Festival MONSTRA começou no passado dia 20 de março e termina a 31 de março, podendo ser possível ver os filmes vencedores no Cinema São Jorge às 18h00 (curtas) e às 20h00 (longa) e no Cinema City Alvalade às 20h00 (curtas) e às 22h00 (longa).

PREMIADOS MONSTRA 2019

Competição Portuguesa

Melhor Curta-Metragem Portuguesa – Prémio SPA | Vasco Granja
Porque é Este o Meu Ofício de Paulo Monteiro

Menções Honrosas
À Tona de Filipe Abranches
Agouro de David Doutel e Vasco Sá

Prémio do Público
Entre Sombras de Alice Guimarães e Mónica Santos

Competição de Longas-Metragens

Melhor Longa-Metragem – Grande Prémio RTP
This Magnificent Cake de Marc James Roels & Emma De Swaef (Bélgica, França e Holanda)

Melhor Filme para a Infância e Juventude
Mirai de Mamoru Hosoda (Japão)

Melhor Banda Sonora
The Tower de Mats Grorud (Noruega, França, Suécia)

Prémio Especial do Júri
The Tower de Mats Grorud (Noruega, França, Suécia)

Prémio do Público
Tito e os Pássaros
 de Gustavo Steinberg, André Catoto e Gabriel Bitar (Brasil)

Competição de Curtas-Metragens

Melhor Curta-Metragem Internacional – Grande Prémio RTP
Egg de Martina Scarpelli (França, Dinamarca)

Menções Honrosas
Mitya’s Love de Svetlana Filippova (Rússia)

Melhor Banda Sonora
Bloeistraat 11 de Nienke Deutz (Bélgica, Holanda)

Melhor Filme Experimental
Ride de Paul Bush (Portugal, Reino Unido)

Melhor Curta Portuguesa
Agouro de David Doutel, Vasco Sá

Prémio Especial do Júri
Bloeistraat 11 de Nienke Deutz (Bélgica, Holanda)

Prémio do Público
Entre Sombras de Alice Guimarães e Mónica Santos

Competição de Estudantes – Júri Sénior
Melhor Curta de Estudantes Internacional 
A Gong de Yen-Chen Liu, Ellis Kayin Chan, Zozo Jhen, Marine Varguy e Tena Galovic (França, Taiwan)

Melhor Curta de Estudantes Portuguesa
Sweet Algarve de Catarina Gil

Menções Honrosas
A Blink of an Eye de Kiana Naghshineh (Alemanha)
Las Del Diente de Ana Perez Lopez (EUA, Espanha)

Prémio do Público 
Sister de Siqi Song (China)

Competição de Estudantes – Júri Junior
Melhor Filme Internacional 
A Blink of an Eye, de Kiana Naghshineh (Alemanha)
Melhor Filme Português
Sentir-me, de Débora Rodrigues, Joana Flauzino e Vanessa Santos

Menções Honrosas

Sister, de Siqi Song (China)
Oneself Story, de Géraldine Charpentier (Bélgica)

Competição de Curtíssimas 
Melhor Curtíssima Internacional 
Confetti de Àngel Estois, Mercè Sendino e Lucía Hernández (Espanha)

Menções Honrosas
Cycle de Sophie Olga de Jong e Sytske Kok (Holanda)
I Am OK de Michel Digout (França)
Kinky Kitchen de Bea Höller (Alemanha)

Competição MONSTRINHA

Menções Honrosas
3 aos 6 – Swim, de Maike Mahira Koller (Alemanha)
7 aos 12 – Matilda, de Irene Iborra e Eduard Puertas (Espanha, França, Bélgica)
+ de 13 – Carlotta’s Face, de Valentin Riedl e Frédéric Schuld (Alemanha)
Pais e Filhos – The Mosquito Pieks, de Maria Steinmetz Alemanha)

Prémio do Público Monstrinha
3 aos 6 – The Bulf, de Adam Witkoeski, Marcin Domitrz (Polónia)
7 aos 12 – Matilda, de Irene Iborra e Eduard Puertas (Espanha, França, Bélgica)
+ de 13 – The Messenger, de Lowe Haak (Dinamarca, Suécia)

Prémio do Público Pais e Filhos
Cloudy, de Zuzana Cupova, Filip Diviak (República Checa)

Grande Prémio Monstrinha
The Metamorphosis of a Bottle Cup, de Kathryn Jankowski (Canadá)

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.