Vamos Beber um Gin?

Vamos beber um Gin de Miguel SomsenDo desafio da Leya à Gin Lovers nasceu o primeiro livro português sobre o mundo do Gin. O lançamento do Vamos Beber um Gin? realizou-se ontem no Supermercado El Corte Inglés em Lisboa com uma grande adesão dos muitos curiosos do tema.

Segundo os autores, Miguel Somsen e Daniel Carvalho, o grande objetivo foi criar uma literatura ligeira num livro escrito por quem conhece bem o gin, apostando na diferenciação de qualquer edição internacional de gin. Optaram assim por recorrer à ilustradora Ana Gil, numa apresentação bastante original de um livro que, mais do que tratar o gin como um destilado ou bebida branca, o elevam a um produto premium que muito impacto tem tido nos momentos de convívio e lazer dos portugueses. O livro aborda a história do gin, as variedades de gin e novidades do mercado, os métodos de preparação e os utensílios necessários, as diferentes tónicas e inclui receitas e cocktails para experimentar em casa e ir à descoberta do perfect serve.

No lançamento do livro marcaram ainda presença as mais diversas marcas de gin e os muitos gin lovers e seguidores da marca, que tiveram direito a uma prova livre de gin.
Muitos foram os que não perderam tempo e de imediato compraram o livro aproveitando a presença de Miguel Somsen para obter um autógrafo em primeira mão.
Miguel Samson juntou-se à Gin Lovers em 2013 e entre os vários projetos desenvolvidos é o diretor da revista Zest by Gin Lovers, que recentemente adotou o nome de Gin Lovers Magazine. Conta com vinte anos de jornalismo no Blitz, Independente, Vogue, Luxwomam, quinze anos na TVI e “uma vida inteira de gin”.

Daniel Carvalho, um Gin Lovers que descobriu a paixão pelo mundo do gin em 2012 e que desde então fez como sua a missão de “converter comuns mortais em verdadeiros amantes de gin” é o investigador de excelência do tema e também o orientador dos workshops by Gin Lovers.

O livro Vamos Beber um Gin? tem o preço de 18,90 euros.

Por Marta Plácido

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.