Trinca De Ases Trouxeram O Ritmo Da Música Brasileira Ao Campo Pequeno

Reportagem de José Cocco Gomes (Fotos) / Elsa Furtado (Texto)

Foi um Campo Pequeno quase cheio que aguardava impacientemente na sexta feira os Trinca de Ases, para o primeiro dos três concertos que os três músicos brasileiros tinham agendados para o nosso país.

(Gilberto) Gil, Gal (Costa) e Nando (Reis) subiram ao palco cerca das 22h15, um por um, ao som dos instrumentos começando depois por cantar em conjunto “Trinca de Ases”, a música que dá nome ao trio.

Do alinhamento faziam parte temas do álbum gravado em conjunto, que combina o estilo dos três músicos, e que inclui temas antigos de Gil, com outros mais recentes e temas da autoria de Nando Reis, mas não só, a influência da MPB e do Tropicalismo está bem presente neste trabalho, que tem um toque de “doce e picante” como eles próprios o caracterizam.

O segundo tema da noite foi “Dupla de Às”, seguido de um “Boa Noite Lisboa”, por Gilberto Gil; e o alinhamento seguiu fiel ao disco: “Palco”; “Baby” da autoria de Caetano Veloso; “All Star”; e “Espatódea”, tema em que Nando Reis aproveitou para apresentar a banda, e Gal contou Nando ter composto dedicado à filha Zoe.

Seguiu-se “O Seu Lado de Cá” e depois “Esotérico”; “Cores Vivas”; “Água-Viva”; o conhecido “Pérola Negra” a que se seguiu o muito apreciado e aclamado “Relicário”, que contou com a companhia do público.

Por esta altura, Gal Costa sentiu-se mal, mas ainda tentou “Refavela”, sem conseguir, a cantora foi obrigada a deixar o palco, tendo seguido para o Hospital de Santa Maria (soube-se mais tarde que tinha sofrido uma quebra de tensão mas já se encontrava bem).

Mas como se diz no mundo do espetáculo: The show must go on, e foi isso que Gil e Nando fizeram como dois profissionais veteranos que são. Seguiu-se “Tocarte” e Nando fez questão de referir que “para si esta parceria com Gilberto Gil é uma honra”.

“Dois Rios; “Lately/ Nada mais” original de Stevie Wonder, com versão em português de Ronaldo Bastos, 1984, foram os temas seguintes; para o final os músicos reservaram “Por onde andei”, que contou com coro do público e muito entusiasmo por parte dos presentes.

Com um clima de entusiasmo crescente, de música para música, os Trinca de Ases guardaram para o encore “O Segundo Sol”; “A Gente Precisa Ver o Luar” e “Barato Total”, com toda a gente em pé a cantar e a dançar. E foi debaixo de uma chuva de aplausos que Gil, Nando e a sua banda deixaram o palco do Campo Pequeno.

Para hoje, às 21h00, está previsto o Trio subir ao palco do Coliseu do Porto. Os bilhetes estão à venda no local e online e custam entre 25 e 80 euros.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.