Tradições Celtas Invadem Boticas Este Fim De Semana

Este fim de semana Boticas viaja no tempo até ao período céltico, e promove a segunda edição da Céltica – Festa Castreja, uma iniciativa que recupera todo o misticismo da cultura celta e conta com a participação das gentes locais a par de atores.

Durante dois dias, guerreiros, sacerdotes, artesãos, músicos, pastores, entre outras personagens vão dar vida ao Castro de Carvalhelhos numa festa que, para além da gastronomia local, propõe recriações históricas, animação de rua, mercados com produtos locais, ofícios ao vivo, danças e cantares, desfiles e arruadas musicais, exibições de falcoaria e de destreza castreja, assim como oficinas e atividades para os mais pequenos.

A festa arranca no próximo sábado, ao meio dia, seguindo-se um desfile e arruada musical, denominado o Encontro das Tribos, protagonizado pelas pessoas da terra e associações locais. A partir das 13h00 estão abertas as tabernas e a animação de rua.

Durante a tarde, estão previstas demonstrações de falcoaria, oficinas didáticas – ferreiro, música pastoril e marcenaria, entre outras -, animação teatral e recriação de combates entre guerreiros celtas, danças célticas e galaicas, assim como provas desportivas de que se destacam a destreza no jogo do malhão e o tiro com arco e pedra.

À noite tem lugar um concerto pelos Strella do Dia, um grupo musical de referência a nível internacional conhecido por utilizar instrumentos de antanho, como a gaita-de-foles, a tarota, a gralla, o corno, o timbalão ou os crótalos. A noite termina com a tradicional queimada galega.

No domingo prosseguem as recriações históricas, com os Jogos de Guerra, animação de rua e diversas oficinas. O ponto alto da tarde acontece com a recriação de um casamento celta e um espetáculo de danças céltico-galaicas.

O programa inclui ainda música itinerante, com atuações de 20 em 20 minutos, entre as 15h00 e as 22h00; ofícios ao vivo entre as 14h00 e as 22h00; falcoaria demonstrações, e exposição entre as 14h00 e as 19h00; artesanato entre as 12h00 e as 22h00; tasquinhas; animação com personagens históricas; jogos infantis – no sábado, entre as 12h00 e as 20h00, e no domingo, entre as 12h00 e as 19h00 e um acampamento de guerreiros castrejos, entre as 14h00 e as 22h00,  com treinos regulares na destreza castreja.

Para melhor entender a cultura e as vivências dos castrejos o programa inclui ainda três visitas guiadas por dia ao Castro de Carvalhelhos, que se situa nas imediações da nascente da famosa água que deu o nome à localidade.

O Castro de Carvalhelhos era um importante povoado fortificado da Idade do Ferro e dispunha de um complexo sistema defensivo constituído por três linhas de muralhas e três fossos.

A entrada na festa é livre.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.