Tomar Promove Doçaria Conventual Até 30 De Abril

Até dia 30 de abril decorre na cidade Templária de Tomar a 9ª edição da mostra de doçaria De Tomar e dos Conventos, dedicada à demonstração do que de melhor há de doçaria local e conventual em plena cidade de Tomar.

Considerada uma doçaria variada e apetecível típica das cozinhas conventuais, preservada com a sabedoria e sabor característico e com uma singularidade que só a experiência de séculos lhe pode legar, a doçaria de Tomar recebe especial atenção neste mês. Assim, degustar os cerca de 30 doces tradicionais pode representar uma autêntica viagem no tempo, possível devido ao contributo das 19 pastelarias da cidade presentes na actividade.

Durante um mês inteiro, Tomar vai ter à prova três dezenas de especialidades da doçaria local e de origem conventual como os Beija-me Depressa, saboroso doce de ovos, envolto em açúcar de pasteleiro; Fatias de Tomar que, diz a lenda, eram a sobremesa preferida dos frades do Convento de Cristo. Este doce de ovos e açúcar é cozido numa panela especial, inventada e fabricada apenas na cidade do rio Nabão, o que torna as Fatias de Tomar únicas; todavia as tentações não ficam por aqui. Castanhas de ovos, os bolos de camas, os queijinhos doces, as espadas de D. Gualdim, as primorosas, as tigeladas, as queijadas de gila são algumas das especialidades presentes neste evento.

A não perder, até 30 de abril, a Doçaria Tomarense neste que é um verdadeiro desafio aos mais gulosos em plena cidade templária. Com o momento alto desta edição agendado para o dia 22 de Abril, com uma apresentação de doçaria na rua. “Doce Passeio Doce” é o momento em que as pastelarias da cidade saem à rua para expor e vender as suas especialidades em plena Praça da República, das 15h00 às 18h00.

A mostra De Tomar e dos Conventos é uma iniciativa do Município de Tomar, em parceria com 19 pastelarias locais, que acontece de 1 a 30 de abril.

 

 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.