Tom Sawyer sempre descalço no Teatro Villaret

TomSawyer_SaraSantos-11

Reportagem de Tânia Fernandes e Sara Santos

Ainda que o público alvo da peça de teatro Tom Sawyer sejam as crianças, quem aguarda ansiosamente o inicio do espetáculo são os adultos. No tempo em que os desenhos animados passavam na televisão a horas certas e com minutos contados, as aventuras do miúdo que vivia numa pequena localidade na margem do Mississípi constituíam o momento alto do dia. A byfurcação teatro pegou neste clássico dos anos 80 e levou-o ao palco do Teatro Villaret, conseguindo uma boa síntese das principais aventuras do herói.

Os diálogos são muito atuais e adequados ao exigente público de palmo e meio. Com boas piadas pelo meio, a geração que chegou a mundo dominado pelo digital, tem contacto com as brincadeiras de faz de conta, as juras do “para todo o sempre”, as incursões ao desconhecido como a gruta ou o cemitério. Tom Sawyer, o seu grande amigo Huckleberry Finn, a amada Becky, o vilão índio Joe, a Tia Polly e o tonto Cid fazem parte deste espetáculo, que peca apenas pela ausência de cenários. A determinada altura é colmatada com a introdução de vídeo, que vem dar algum ambiente, ainda assim, aquém do esperado.

This slideshow requires JavaScript.

Baseado no famoso livro do escritor americano, Mark Twain, Tom Sawyer tem encenação de Paulo Cintrão e interpretação de Gonçalo Lima, Fábio Ferreira, Flávia Ferreira, Stephanie Silva, Ricardo Karitsis.
Está em cena no Teatro Villaret até dia 30 de março, com sessões aos sábados e domingos às 11h00. A peça tem duração de cerca de 60 minutos é para maiores de 6 anos. Os bilhetes encontram-se à venda nos locais habituais e custam 8 euros. A entrada é gratuita para menores de 3 anos, desde que acompanhadas com um adulto portador de bilhete válido e ao colo ao qual devem sentar-se.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.