The Black Mamba Brilharam No Coliseu De Lisboa

Reportagem de Susana Paim (texto) e Diana Silva (fotografia)

The Black Mamba

The Black Mamba, a banda liderada por Pedro Tatanka, subiu ao palco do Coliseu de Lisboa, na noite de 5 de outubro, para a apresentação do seu mais recente disco de originais The Mamba King e foi uma noite de festa, num ambiente quente e entre amigos.

Na voz e na guitarra, Pedro Tatanka nunca largou o seu público e agradeceu, agradeceu muito todo o apoio que a banda tem recebido ao longo de quase 10 anos de carreira e, assim, foram desfilando as suas canções, as suas belas canções, revivendo o blues e o soul de corpo e alma.

“Façam barulho” pedia o vocalista, mas foi num ambiente de perfeito silêncio que se ouviu “It Ain’t You”, do álbum de estreia da banda em 2012 (The Black Mamba).

Os fãs puderam ouvir temas mais antigos como “I Want My Money Back”, “Soul People” e “Red Dress”, do álbum Dirty Little Brother, de 2014 e “Winter Ghost” dedicado aos mais fiéis fãs da banda.

Pedro Tatanka pediu “Vamos tomar conta daqueles que amamos” e após um discurso que apelou à “consciência social” ouviu-se “Believe”, enquanto eram projetadas imagens do documentário Koshukuru (de Victor Castro) que retrata a condição da educação no norte de Moçambique e o trabalho realizado pela associação HELPO, nesta matéria.

E a noite continuou, entre amigos, com os convidados SILK (dos Cais do Sodré Funk Connection) VIRGUL e BOSS AC que contagiou o público com os seus ritmos de Hip Hop.

Os The Black Mamba brilharam no Coliseu de Lisboa, nessa sala onde, como referiu o vocalista “já fomos tão felizes”, fazendo alusão ao, também inesquecível, concerto do ano passado. E o público aplaudiu, aplaudiu muito, porque também estava feliz.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.