Temporada 2018/2019 da Companhia Nacional de Bailado

A programação da nova temporada da Companhia Nacional de Bailado (CNB) percorre o ballet clássico, obras do modernismo e dança contemporânea. Ao longo da temporada 2018/2019 serão apresentadas três novas criações, juntamente com quatro obras do seu repertório que voltam agora à cena.

As apresentações dividem-se entre o Teatro Camões, em Lisboa, as digressões nacionais e internacionais.

A CNB apresentou-se nos dias 21, 22 e 23 de setembro, no Teatro Municipal do Porto-Rivoli, com três peças de Tânia Carvalho: Olhos Caídos, A Tecedura do Caos S.

Em outubro, de 11 a 14, a CNB regressa ao Teatro Camões, em Lisboa, com iTMOi – In The Mind of Igor, de Akram Khan. A peça estreada em 2013 em homenagem aos 100 anos de A Sagração da Primavera, e que entrou para o repertório da CNB em 2017, volta agora a cena para quatro apresentações.

Nos dias 27 e 28 de outubro, a CNB apresenta-se no Teatro Municipal Joaquim Benedite, em Almada, com Contos do Abstrato, de São Castro e António Cabrita, e Príncipes, Heroínas, Amores Impossíveis e Outras Assombrações, de Catarina Câmara.

O Teatro Camões acolhe, entre 9 e 17 de novembro, a apresentação de um programa conjunto: a curta-metragem La Valse, obra de Maurice Ravel, pelo olhar de João Botenho e Paulo Ribeiro, espetáculo estreado em 2012 e A Sagração da Primavera, uma das grandes referências da dança do início do século XX, com coreografia de Vaslav Nijinski e música de Igor Stravinski.

No dia 17 de novembro, a CNB apresenta, no Teatro Cinema de Fafe, A Perna Esquerda de Tchaikovski, com música original de Mário Laginha, texto e direção de Tiago Rodrigues, interpretado por Barbora Hruskova.

Novembro é também o mês da Feira do Livro de Guadalajara, no México, estando confirmada a presença da CNB, com o bailado Lídia, com coreografia de Paulo Ribeiro e música de Luís Tinoco

O Quebra-Nozes, bailado clássico com música de Tchaikovski, coreografado por Mehmet Balkan, volta ao Teatro Camões, de 6 a 22 de dezembro, com apresentações conjuntas da CNB e da Orquestra Sinfónica Portuguesa. O espetáculo passa ainda pelo Teatro Municipal Joaquim Benedite, em Almada, nos dias 28 e 29 de dezembro.

De 1 a 17 de março de 2019 a CNB apresenta um outro bailado clássico, Dom Quixote, a partir da obra de Cervantes, com coreografia de Eric Volodine e música de Ludwig Minkus.  Estreado na CNB em 1990, esta versão regressa agora ao Teatro de Camões.

No âmbito do Ano Cultural Portugal – China, o Teatro Camões recebe nos dias 30 e 31 de março de 2019, o Ballet Nacional da China, que pela primeira vez se apresenta em Portugal.

A 29 de abril, Dia Mundial da Dança, a CNB abre as portas da sua casa, o Teatro Camões, para comemorar a Dança junto do seu público, com um programa especial.

Em maio, de 16 a 19, chegam três novas criações num só programa, com nomes bem conhecidos do público: Rui Lopes Graça e Vítor Hugo Pontes voltam a trabalhar com a companhia e Israel Gálvan, considerado um dos grandes inovadores do flamenco, faz a sua estreia na CNB.

Até dia 30 de setembro estão à venda, no Teatro Camões e no Teatro Nacional de São Carlos assinaturas para toda a temporada, com descontos até 40%.

Os bilhetes para os espetáculos poderão ser adquiridos online e nas bilheteiras das respectivas salas de espetáculo.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.