Temporada Lírica 2016-2017 Do São Carlos Arranca Com Carmen De Bizet

TNSC

Entre setembro de 2016 e julho de 2017, o Teatro Nacional de São Carlos (TNSC) apresenta uma programação lírica composta por sete óperas, três das quais assinadas por aclamados encenadores: Calixto Bieito assina Carmen, de Bizet, Graham Vick será responsável por Anna Bolena, de Donizetti e David Alden traz-nos Peter Grimes, de Britten.

Entre as outras novas produções do Teatro Nacional de São Carlos, destaca-se Oedipus Rex, de Stravinsky numa encenação de Ricardo Pais, no seu regresso ao São Carlos em novembro e Tristan und Isolde, de Richard Wagner, em março de 2017.

Destaque ainda para a primeira apresentação em Portugal de Der Zwerg, de Ziemlinsky, um dos títulos que juntamente com Pagliacci, de Leoncavallo, integra o díptico com encenação de Nicola Raab, em abril.

Na direção musical, assinala-se o regresso de Giampaolo Bisanti para dirigir Anna Bolena – em abril; e o duplo desafio que Joana Carneiro abraça, com a direção de Oedipus Rex e Peter Grimes em junho.

Relativamente à programação sinfónica, reforça-se a condição do Grande Auditório do Centro Cultural de Belém de palco preferencial de apresentação da Orquestra Sinfónica Portuguesa (OSP) e do Coro do Teatro Nacional de São Carlos (oito concertos em 2016-17).

Neste auditório continuarão a ser interpretadas as grandes obras do repertório sinfónico – uma das mais importantes vocações da Orquestra Sinfónica Portuguesa (OSP) – com a novidade de se procurar aprofundar o diálogo com os compositores contemporâneos.

Deste modo, serão apresentados programas que aliam a música de Macmillan com a de Beethoven, Pinho Vargas com Mendelssohn e Brahms, Lutoslawski com Bruckner, Adams com Mahler, Tinoco com Mendelssohn, Clotilde Rosa com Mozart.

Ainda neste espírito, Luís Tinoco será o compositor residente e consultor para a música contemporânea, um evidente corolário de uma longa e já frutífera relação com o TNSC e com a OSP.

A venda de assinaturas, a partir de 60 euros, decorreu até dia 15 de setembro, estando agora a decorrer as vendas, nas bilheteiras do Teatro Nacional de São Carlos e do Centro Cultural de Belém.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.