Teatromosca Cria QuarentenAntena

O teatromosca criou QuarentenAntena, um ciclo de Emissões de Emergência online de espetáculos, que vai decorrer durante o período de quarentena em Portugal e disponibiliza também outros espetáculos que integram o historial da companhia, indo de encontro ao mote: Vamos ao teatro a partir de casa?”

O programa inclui espetáculos distintos para o público familiar e público geral, e começa com registos em vídeo de espetáculos que integram o reportório da companhia, começando com uma trilogia, criada a partir de textos de John Berger, que podem ser vistos na página da QuarentenAntena e no canal da companhia no Vimeo.

A companhia iniciou este mês transmissões de espetáculos em direto, (sem público), com o espetáculo Alice e vai continuar com a estreia de Romance do 25 de Abril, adaptado do livro homónimo de João Pedro Mésseder e Alex Gozblau, para o público infanto-juvenil, nos dias 25 e 26 de abril, pelas 17h00, em sala de videoconferência na plataforma eletrónica Zoom.

Para maio estão reservadas as estreias das peças Isto Não é o Pinóquio, a partir do clássico de Carlo Collodi; A Espada do Rei Artur; e O Macaco do Rabo Cortado, a partir de um conto tradicional português, para maiores de 6 anos.

O acesso a estas emissões pode ser feito através de reserva através do email geral@teatromosca.com, com um pagamento mínimo de 1 euros efetuado via MBWay para o nº associado 96 340 32 55 – número que poderá também ser utilizado para solicitação de informações e pedidos de reserva.

O grupo implementa também pela primeira vez em Portugal o projeto “Ler e Dizer o Teatro em Família(s)”, um dispositivo desenvolvido pela associação Les Scènes Appartagées a partir de uma ideia de La Lisière e do festival Petits et Grands. O objetivo deste projeto é (re)aproximar as obras literárias dramáticas (e o Teatro) do público e, para tal, foram, inicialmente, apresentadas sete obras diferentes, de autores portugueses e estrangeiros, para que a família pudesse decidir qual o texto que melhor corresponderia aos seus interesses e preocupações. Jorge Palinhos, jovem dramaturgo português, investigador e doutor em Estudos Culturais, é o primeiro artista convidado pelo teatromosca para participar no projeto.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.