Teatro Viriato Acolhe Seis Estreias E Uma Antestreia Até Dezembro

O Teatro Viriato, em Viseu, acolhe até dezembro, seis estreias e uma antestreia, num programa que inclui diferentes áreas artísticas, como a dança, o cinema, o teatro, a música.

Destaque para a estreia, a 6 de novembro, de Talvez… Monsanto, de Ricardo Pais. “um espetáculo que cruza diferentes disciplinas artísticas para proporcionar uma viagem pelas paisagens sonoras e visuais das adufeiras da aldeia mais portuguesa, Monsanto”, numa coprodução Teatro Viriato e Teatro Nacional de São João, no contexto das comemorações dos 20 anos da reabertura do Teatro Viriato.

De 13 a 28 de novembro decorre a 9ª edição da New Age, New Time – Mostra de Dança Contemporânea, com trabalhos de coreógrafos de renome, mas também de jovens coreógrafos.

A iniciativa Dançando com a Diferença produz, pela primeira vez, um espetáculo exclusivamente com criadores, intérpretes e participantes residentes no distrito de Viseu.

De 9 a 12 de dezembro sobe ao palco Gabo, com encenação e direção de Patrick Murys. Uma estreia infantojuvenil e familiar onde as diferenças são colocadas em evidência para que jovens e crianças possam fazer a sua própria análise.

Na programação do Teatro nota ainda para o filme-concerto A Casa na Praça Trubnaia, a 29 de outubro; o concerto comentado Um Piano Afinado Pelo Cinema, do pianista Filipe Raposo, e com a sessão debate “Portugal, Migração, Interior. E o Cinema”, no dia 31 de outubro.

Em novembro, o Teatro Viriato recebe no seu palco o Que Jazz É Este? – Festival de Jazz de Viseu e, em dezembro o Festival de Música da Primavera, do Conservatório Regional de Música de Viseu.

A programação completa pode ser vista aqui.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.