Teatro Turim Apresenta Poppins, Um Musical!

Quem não tem nas suas memórias de criança a icónica personagem Mary Poppins e a palavra Supercalifragilisticexpialidocious? Para esses e para as novas gerações que ainda não conhecem a mágica personagem, o Teatro Turim em Lisboa apresenta Poppins, Um Musical!.

Esta versão é uma adaptação da obra de Pamela Travers, da autoria de Tiago da Cruz, também encenador, e conta com as interpretações de Ana Capote, Chris Santos, Liliana Duarte, Miguel Ferraria e Susana Rodrigues. A direcção artística é de Liliana Duarte, a música original de Pedro Antunes e a produção musical de Mário Lopes.

Imaginem Londres em 1934, no número 17 da Ruela das Cerejeiras, encontramos uma família em reboliço. Katie, a ama de Jane, a filha mais velha, Michael o filho do meio e John e Bárbara, os gémeos ainda bebés, foi-se embora sem ai nem ui, deixando toda a gente à nora. A senhora Brill, a cozinheira, estava sempre ocupada com a cozinha, a Ellen servia e arrumava e o Robertson Ay era o faz tudo, que fazia de tudo mas menos do que o seu patrão queria. Em suma, todos estavam demasiado ocupados para tratarem das crianças.

O pai das crianças, o senhor Banks, passava o dia na City a fazer dinheiro e a mãe a senhora Banks sabia perfeitamente que nenhuma senhora de condição tratava dos seus próprio filhos. O senhor Banks dera-lhe a escolher entre ter uma casa bonita, limpa e confortável ou ter quatro filhos, pois não havia dinheiro para tudo. Ela escolhera os filhos, mas não ia agora passar o dia também a cuidar deles. Nem nunca lhe ocorrera ser ela a cozinhar, limpar e cuidar dos filhos, em vez de ter empregados para isso, e poupar assim dinheiro para restaurar a casa. Uma senhora de bem não fazia essas coisas. Era portanto urgente encontrar uma ama que aceitasse entrar de imediato ao serviço…Foi então que o vento mudou e soprou muito frio, de leste.De encontro ao portão empurrou,Mary Poppin.Assim, as crianças a viram, passar pelo portão e voar. Logo, contra a porta a atiraram, as frias correntes de ar, Mary Poppins a ama especial, educa as crianças de forma inconvencional.

A peça tem a duração de 60 minutos e vai poder ser vista aos sábados às 16h00, e aos domingos às 11h00, de 1 a 30 de abril. Os bilhetes custam 8 euros para os adultos e 5 euros para as crianças e podem ser adquiridos no local.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.