Teatro Thalia recebe Così Fan Tutte de Mozart

CDepois de mais de 150 anos votado ao abandono, após um incêndio que praticamente destruiu todo o edifício, o romântico Teatro Thalia(ou Teatro das Laranjeiras como também é conhecido), colado ao Jardim Zoológico de Lisboa nas Laranjeiras, regressou à vida e retoma aos poucos a sua função inicial, com a apresentação de concertos e óperas clássicas. Dia 6 de abril, pelas 16h45, é a vez da ópera Così Fan Tutte, de Mozart, ser interpretada pela Orquestra Metropolitana de Lisboa.

Famoso por ter sido dos primeiros edifícios com luz a gás em Lisboa, este pequeno teatro privado, em tempos propriedade do Conde de Farrobo (o mesmo dono do palácio Pimenta, onde se encontra instalado o Museu da Cidade de Lisboa), sempre apresentou grandes obras, recebeu grandes artistas e maestros e era frequentado pelas mais importantes figuras do Reino, inclusive a família real.

Depois do incêndio que praticamente o destruiu em 1862, e mais de século e meio abandonado, o edifício foi reabilitado em 2013, com um projeto dos arquitetos Gonçalo Byrne, Patrícia Barbas e Diogo Lopes e inclusive nomeado para o Prémio de Design 2013, tenta agora, aos poucos, recuperar o seu esplendor original.

Mozart Così Fan Tutte conta com apresentação de José Norton, participantes no Ateliê de Ópera da Metropolitana, direção vocal e cénica de Jorge Vaz de Carvalho e na direcção o Maestro Pedro Amaral.

Os bilhetes já estão à venda online e na sede da Orquestra metropolitana e têm um preço de 12 euros.

Texto de Elsa Furtado
Foto de Tânia Fernandes

 

 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.