Teatro Nacional De São Carlos Apresenta Opereta L’Étoile De Chabrier

A opereta L’Étoile, de Emmanuel Chabrier, estreia hoje, dia 1 de abril, em Portugal, no Teatro Nacional de S. Carlos (TNSC), com direcção musical de João Paulo Santos, encenação de James Bonas e um elenco exclusivamente de cantores líricos portugueses.

Com libreto de Eugéne Leterrier e Albert Vanloo, que alia o surreal à farsa e à poesia, esta opereta francesa tem vindo a ganhar popularidade com várias produções em muitos teatros líricos. A mesma inclui “textos atrevidos, em que as piadas políticas, sociais e sexuais são a base de tudo, e é sempre baseada num mundo insólito, levado muito a sério, mas absolutamente absurdo”.

Em L´Étoile – A Estrela, o rei Ouf I (anagrama da palavra francesa fou, que significa louco) procura uma vítima para impalar na praça pública no seu aniversário, como dita a tradição do reino. Conhece Lazuuli, um vendedor loucamente apaixonado por Laoula, uma princesa de um reino vizinho. Após inúmeras peripécias, Lazuli e a princesa acabam por casar com a benção do rei. Eis sumariamente a hisória de L’Étoile, que Emmanuel Chabrier escreveu e estreou em Paris, em 1877.

O maestro e diretor musical João Paulo Santos foi o responsável por êxitos recentes como Dialogues des Carmélites, de Francis Poulenc (temporada 2016-17) e The Rape of Lucretia, de Benjaim Britten (temporada 2017-18).

O maestro destacou o facto de o elenco da opereta ser exclusivamente português, o que vem sido hábito nas produções que dirige, porque lhe interessa “fomentar um certo tipo de trabalho”. Dora Rodrigues, Eduarda Melo, Maria Luísa de Freitas, Mário João Alves, Luís Rodrigues e Carlos Guilherme constituem o elenco, que é acompanhado do Coro do Teatro Nacional de S. Carlos e da Orquestra Sinfónica Portuguesa.

A encenação é de James Bonas, que na temporada anterior foi o responsável pela apresentação, no TNSC, da ópera L’enfant et les Sortiléges, de Maurice Ravel.

L’Étoile vai estar em cena no TNSC hoje, dia 1 de abril, segunda-feira, às 20h00 e ainda nos dias 3 e 4 de abril, na quarta e na quinta-feira, também às 20h00, e no sábado, dia 6 de abril, às 16h00. É para maiores de 6 anos e tem uma duração de 165 minutos.

Os bilhetes estão à venda no TNSC e online e custam entre 9 e 38 euros.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.