Teatro Maria Matos abre a nova temporada com Um Dia Cheio de Histórias

A nova temporada do Teatro Maria Matos vai dedicar o dia 16 de setembro às crianças, com o Dia Cheio de Histórias; as crianças vão poder contar com histórias contadas, dança, música e muita animação na Sala Principal, na Sala de Ensaios e no Jardim das Estacas que circunda o teatro.

Quanto à temática da música, o Teatro Maria Matos abre a temporada com Beak, Geoff Barrow da banda Portishead já no dia 14 de setembro às 22h00 na Sala Principal.

Como habitualmente o Teatro Maria Matos dá primazia à colaboração e parceria com outras companhias, teatros e institutos. Desta forma, dará continuidade ao ciclo teatro / música em parceria com a Gulbenkian Música e a colaboração com as associações Granular, Zé dos Bois e Filho Único.

De destacar a ópera A Africana de Giacomo Meyerbeer produzido pela companhia de teatro Cão Solteiro em parceria com o artista plástico Vasco Araújo e que vai estar em exibição na Sala Principal no mês de dezembro; a peça de teatro Les Pendus de Het Muziek LOD/Josse De Pauw & Jan Kuijken estará em cena no dia 7 de junho de 2013 na Fundação Calouste Gulbenkian. Poder-se-á também contar com a celebração dos cem anos do nascimento de John Cage com a interpretação de peças deste por Ricardo Jacinto, Carlos Zíngaro, Joana Gama, Nuno Rebelo, Joana Sá e Paulo Raposo.

O Goethe-Institut Lisboa irá co-apresentar o espetáculo de dança Ich Sah: Das Lamm Auf Dem Berg Zion, Offb. 14,1 de VA Wolfl/Neuer Tanz, no âmbito do Festival Temps D’Images nos dias 26 e 27 de outubro na Sala Principal.

De realçar a parceria com a Culturgest que vai trazer este ano dois espetáculos do coletivo belga tg STAN, Le Chemin Solitaire em janeiro de 2013 e Les Estivants em fevereiro de 2013. O espaço Alkantara também irá co-apresentar dois espetáculos dos brasileiros Foguetes Maravilha já no mês de setembro: Ninguém Falou Que Seria Fácil, de dia 20 a 22 na Sala Principal, e 2 histórias/Ele precisa de começar nos dias 25 e 26 no espaço alkantara.

A Rede 5 Sentidos vai continuar ativa juntando os cinco teatros de cinco cidades portuguesas com o objetivo de dinamizar e apoiar a digressão e a produção da cultura em Portugal; são eles o Centro Cultural Vila Flor em Guimarães, o Teatro Maria Matos em Lisboa, o Teatro Viriato em Viseu , o Teatro Virgínia em Torres Novas e o Teatro Municipal da Guarda na cidade da Guarda.

Esta temporada o Teatro Maria Matos irá apresentar em coorganização com o alkantara, a Culturgest e o Teatro São Luiz, o seminário de formação para críticos de artes performativas, o Mais Crítica de setembro de 2012 a julho de 2013. De salientar que o Teatro Maria Matos continuará a coproduzir os festivais Temps D’Images a decorrer em novembro de 2012, FIMFA em maio de 2013 e o Festival Internacional de Teatro de Almada em julho de 2013.

Texto de Joana Resende
Foto de Vânia Marecos

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.