Teatro Carlos Alberto Apresenta A Chegada De Um Comboio À Cidade

A última estreia da temporada 2017/2018 do Teatro Nacional São João (TNSJ) faz-se, tendo como inspiração a obra Quando Nós, os Mortos, Despertamos, do dramaturgo norueguês Henrik Ibsen. O palco do Teatro Carlos Alberto (TeCA) acolhe, de 12 a 22 de julho, A Chegada de Um Comboio à Cidade, com dramaturgia e encenação de Luís Mestre.

Quando Nós, os Mortos, Despertamos é um texto pautado por um forte desejo de vida, não deixando por isso de ser irónico que tenha sido o último que o autor escreveu, antes da sua morte. Tal como afirma George Steiner “Com Ibsen, a história do teatro recomeça. Este simples facto faz dele o maior dramaturgo depois de Shakespeare e Racine.”

A obra, agora adaptada de forma livre, por Luís Mestre, dá lugar à peça A Chegada de um Comboio à Cidade, e centra-se “numa cidade vertical e tecnológica, dentro de um arranha-céus frio e autossuficiente. Na peça, o encenador explora questões bem atuais como “a opressão, o apagamento e o tédio profundo provocados pela sociedade de produção e multitasking”.

O espetáculo – que resulta de uma coprodução Teatro Nova Europa e TNSJ, com o apoio do Teatro Íntimo – conta ainda com a interpretação de Luís Mestre, que se junta ao elenco composto por Ana Moreira, Sílvia Santos e Tânia Dinis.

A Chegada de um Comboio à Cidade pode ser vista à quarta-feira e sábado, às 19h00; à quinta e sexta-feira, às 21h00; e ao domingo às 16h00. A última récita terá tradução em Língua Gestual Portuguesa.

Os bilhetes custam 10 euros e estão à venda online e no local.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.