Teatro Aberto Apresenta Mahagonny Songspiel

Dias 3, 4 e 5 de dezembro, o Teatro Aberto, em Lisboa, volta a apresentar o programa Música em Palco com a versão integral de Mahagonny Songspiel, de Bertolt Brecht e Kurt Weill, e canções de The Hollywood Songbook, de Bertolt Brecht e Hanns Eisler, com direção musical de João Paulo Santos e encenação de João Lourenço.

A 5 de dezembro, após o espetáculo, será realizado também um colóquio em torno deste espetáculo, com as presenças de João Lourenço, João Paulo Santos e Vera San Payo de Lemos, pelas 17h30.

Mahagonny Songspiel marca o início da colaboração do compositor Kurt Weill (1900-1950) com o autor Bertolt Brecht (1898-1956). Revivendo o convite de participação na ópera curta no Festival de Música de Câmara Alemã de Baden-Baden em 1927, o compositor decide criar um novo género musical – o songspiel.

A peça, que reúne um conjunto de canções, surge a partir dos cinco Mahagonny-Gesänge, também entendido como Cânticos de Mahagonny, do livro de poemas Hauspostille, Sermões domésticos, de Bertolt Brecht, retrata uma cidade fictícia que se apresenta como um paraíso terrestre. No entanto, o paraíso pode também caminhar para o inferno e Mahagonny que o diga.

O espetáculo incluí ainda um conjunto de canções de uma outra obra musical baseada predominantemente em poemas de Brecht, The Hollywood Songbook, da autoria de Hanns Eisler, o compositor com quem Brecht mais colaborou ao longo da sua vida.
Nos dias 3 e 4 de dezembro, os espetáculos têm início às 21h30, e no dia 5, às 16h00. Às 17h30, seguir-se-á o colóquio subordinado ao tema “Em torno de Mahagonny”. Todas as iniciativas decorrerão na sala Azul.

Os bilhetes estão à venda no local e online e custam 20 euros.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.