Sexta-feira, 17 Setembro, 2021
Home Tags O Sol da Caparica

Tag: O Sol da Caparica

Funk Dos Expensive Soul Em Noite Quente De O Sol Da...

Houve espaço para o fado, no meio do concerto dos Expensive Soul, que receberam Jorge Fernando como convidado. A casa esteve, mais uma vez cheia, neste terceiro dia de festival O Sol da Caparica. Uma noite quente em que também se homenageou Cesária Évora. O espetáculo juntou um conjunto de vozes de Cabo Verde.

Família Hip Hop Reunida No Segundo Dia De O Sol Da...

No segundo dia de festival O Sol da Caparica, a ocupação do recinto dividiu-se por gerações. Os mais jovens ficaram junto à entrada a vibrar com os novos nomes nacionais do hip hop: Deau, Bispo, Wet Bed Gang, Piruka e Jimmy P. Acima dos 20 anos, e em desvantagem numérica, chegaram-se ao palco principal. Djodje e um especial de Miguel Araújo voltaram a reunir famílias.

O Sol Da Caparica Fez Gostoso No Primeiro Dia

Virgul “fez gostoso” no festival O Sol da Caparica, num concerto que contou com vários convidados, entre eles Blaya. A maré deste primeiro dia trouxe também os ritmos quentes de Anselmo Ralph e Calema. E ligações improváveis, como Peste & Sida e Carminho a partilhar o microfone.

Loucos No Festival O Sol Da Caparica Com Matias Damásio

Os ritmos de Angola foram os mais aplaudidos na terceira noite do Festival O Sol da Caparica. Matias Damásio deu dose dupla de “Loucos”, entre aulas de semba e uma generosa medida de boa disposição. Na mesma noite, os Trovante, em atuação especial, percorreram quarenta anos de carreira, com muitos dos seus grandes êxitos.

Santos Da Casa Fazem Milagres Na Caparica

Foi com os nomes da terra que O Sol da Caparica, lotou o recinto. Xutos & Pontapés e Carlão foram as grandes atracões da segunda noite de festival, onde também se destacaram os concertos de Carlos do Carmo, Virgul, Djodje e Bispo.

Música Para Todas As Gerações No Primeiro Dia De O Sol...

Um alinhamento variado, ajustável ao gosto de várias gerações, trouxe músicos lusófonos de diferentes quadrantes aos palcos de O Sol da Caparica. Na primeira noite ouviu-se o ritmo quente de Bonga, sentiu-se a intensidade do fado de Mariza, riu-se com as anedotas que chegaram à boleia dos cantares tradicionais de Os Tais Quais, pulou-se ao som do rapper Criolo e do hip hop de Regula, dançou-se ao som dos HMB e viajou-se no rock da margem sul com o projeto À Sombra do Cristo Rei.

A música deu à Costa no Sol da Caparica

Reportagem de Tânia Fernandes e António Silva “A MÚSICA DEU À COSTA” lê-se no pórtico de entrada do Festival Sol da Caparica que ontem abriu...