Sylvia Plath Recordada Em Peça Em Oeiras

Sylvia Plath é o monólogo que o Centro de Artes Dramáticas de Oeiras apresenta até ao dia 14 de agosto, no Auditório Municipal Eunice Muñoz, escrito por Paul Alexander e com encenação de Celso Cleto.

Teresa Tavares dá corpo à poetisa nesta peça em jeito de biografia, onde os factos são narrados com a mesma dureza com que Sylvia Plath viveu a sua vida.

Sylvia Plath, nasceu a 27 de outubro de 1932, no estado de Massachusets nos Estados Unidos da América. Após a morte prematura do seu pai, Otto Plath, muda-se com o seu irmão Warren e a sua mãe Aurelia Plath, para Winthrop, onde mais tarde acaba por ingressar no famoso Smith College.
Destaca-se pelo seu brilhantismo e acaba por conseguir uma bolsa para estudar na prestigiada universidade de Cambridge, onde conhece o poeta britânico Ted Hughes, por quem se apaixona loucamente. Casam-se numa pequena cerimónia a 16 de junho de 1955.
Desta relação atribulada e violenta nasceram dois filhos, Frieda e Nicholas.
Sylvia Plath, um expoente maior da poesia mundial, virá a suicidar-se na sua casa de Londres a 11 de Fevereiro de 1963.

Sylvia Plath está em cena de quinta-feira a sábado, às 21h30, e ao domingo às 16h00 até ao dia 14 de Agosto, no Auditório Municipal Eunice Muñoz, em Oeiras. Os bilhetes podem ser reservados pelo telefone: 937 081 517 ou por email: bilheteira@dramaxoeiras.com, ou adquiridos no local e outros locais habituais e custam 10 euros.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.