Sol da Caparica Já Tem Cartaz Fechado

sol_caparica_veleiro_2551Um Festival que aposta na música portuguesa, amigo do ambiente, com arte urbana, com várias atividades desportivas e um dia dedicado às crianças é o que se pode esperar do Sol da Caparica, que vai animar o Parque Urbano da Costa durante quatro dias, entre 13 e 16 de agosto.

As últimas novidades do Festival da Costa foram reveladas a bordo do veleiro Príncipe Perfeito, durante uma viagem entre Lisboa e a Costa, num ambiente descontraído e com boa disposição, como aquele que se espera domine o evento.

Nomes como Avô Cantigas, Luísa Sobral, Carlão, HMB, Jorge Palma, Linda Martini, Paus, Paulo Gonzo, Resistência, Vitorino, Xutos & Pontapés, Carlão, Camané, Richie Campbell, AGIR, Paulo Flores, Luís Represas, UHF, Tito Paris, PAUS, Marcelo D2, The Legendary Tigerman, Dengaz, Tim (a solo), Batida, Dino d’Santiago, Mastiksoul, Oquestrada, Brigada Victor Jara, Regula, MimiCat, Berg, Dj Marfox, Tiago Bettencourt, DJAY Rich e António Mendes vão passar pelos dois palcos montados no recinto.

Entre os vários concertos agendados, destaque para o concerto de Vitorino & Son Habanero, que sobre ele o artista do Redondo disse ao C&H que, “Este vai ser um concerto híbrido, em duas linhas, com boleros, sons e modinhas alentejanas, com muitas surpresas e alegria”.Vitorino disse ainda estar contente por participar neste festival, onde vai atuar ao lado de muitos amigos.

Outro dia que promete ser muito animado é o de dia 16, dedicado aos mais pequenos, com a abertura de portas marcada para as 10h00. Neste dia, além de muita animação e insufláveis, as atracções principais vão ser mesmo o Avô Cantigas e Luísa Sobral.

Carlos Alberto Vidal dispensa apresentações, e promete trazer ao Sol da Caparica um dos concertos mais animados do festival. “Este vai ser um concerto cheio de alegria, muito animado, com algumas músicas mais antigas e outras recentes, uma espécie de concerto dos Xutos & Pontapés para pequeninos”, disse o artista ao C&H.

Também Luísa Sobral promete trazer à Caparica o seu LU-PU-I-PI-SA-PA com muita animação. “Este vai ser um concerto muito interativo, envolvendo os mais pequenos, com músicas deste último trabalho, mas também com versões de outras canções infantis”.

[satellite auto=on caption=off thumbs=on]

 

Nos intervalos dos concertos vão ser exibidos 200 filmes de animação, numa associação com a MONSTRA – Festival de Animação de Lisboa, e no dia dedicado aos mais pequenos é a vez da Monstrinha estar em destaque.

Vai também ser possível ver uma instalação de vídeo, com música de Bernardo Sassetti e dos Dead Combo ligada ao lançamento do livro Debaixo da Língua, assistir a artistas urbanos a trabalhar ao vivo, e conhecer novas obras em graffiti digital.

O Surf, o Skate e a Bicicleta vão também ter um papel importante neste festival.

A restauração também foi pensada para agradar a todos os gostos, com uma Avenida de Restauração com mais de 30 stands de oferta variada.

O Sol da Caparica decorre no parque Urbano da Costa da Caparica, entre 13 e 16 de agosto. Os bilhetes estão à venda nos locais habituais e custam 15 euros o bilhete diário e 35 euros o passe. No dia 16, os bilhetes têm um preço de 2 euros. E crianças até aos 6 anos não pagam bilhete.

Para facilitar o acesso vão haver carreiras especiais da TST, mais duas bolsas de estacionamento e uma praça de táxis especial próxima da entrada do festival.

 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.