Slow J, Joe Kay, Trikk E Shaka Lion Confirmados No ID NO LIMITS

Depois da confirmação dos primeiros nomes, o Festival ID NO LIMITS confirmou Slow J, Joe Kay, Trikk, Shaka Lion, Holly, Vaarwell, Chong Kwong, Inês Duarte, L-Ali (c/ Vulto AV), DJ Adamm, Ornella, Zé Ferreira e Co$tanza.

É o reforço absoluto que a música electrónica e urbana consta do epicentro do foco do festival que decorre no Estoril (Cascais) a 3 e 4 de Abril de 2020.

A edição de 2020 do festival ID NO LIMITS contava já com as confirmações de nomes como Rejjie Snow, Kelsey Lu, Kindness, Jordan Rakei, Ezra Collective, Moses Boyd, Coucou Chloe, Biig Piig, Lhast, Carla Prata e PEDRO.

Com 4 palcos no Centro de Congressos do Estoril, o ID NO LIMITS decorre nos dias 3 e 4 de abril, continuando a apostar na atualidade da música eletrónica e urbana, assim como a ligação às artes e tendências contemporâneas.

SLOW J lançou em Setembro de 2019 o seu mais recente trabalho, You Are Forgiven, que vem apresentar no festival. 

JOE KAY está confirmado no ID NO LIMITS e vai subir pela primeira vez ao palco de um festival português. O som que traz para a pista é um cruzamento de culturas, com base nas batidas ritmadas dos sons tropicais e da leveza das vozes do R&B. É CEO e co-fundador da Soulection – uma plataforma reconhecida mundialmente para o desenvolvimento de músicas e artistas. 

TRIKK lançou o EP Facas em dezembro de 2019 e vai apresentar os novos ritmos do house underground no ID NO LIMITS. É produtor e DJ internacionalmente aclamado, originalmente do Porto (Portugal) e agora baseado em Berlim. 

SHAKA LION não é apenas um reflexo musical da mistura e interculturalidade. O DJ apresenta-se com um live set com convidados, especialmente pensado para o ID NO LIMITS.

HOLLY é Miguel Oliveira, 24 anos, conhecido como “Holly”, tornou-se rapidamente um nome no mundo da música eletrônica nos últimos 6 anos, quando começou a fazer música aos 18 anos. Lançou em setembro de 2019 o EP Alameda 1000 e vem apresentá-lo no Festival.

VAARWELL são um trio de indie-pop, composto por Margarida Falcão (metade das Golden Slumbers e a voz de temas como “Far Away Place” do Xinobi), Ricardo Nagy e Luís Monteiro. 

CHONG KWONG é considerada uma das novas promessas do hip-hop nacional. Mistura energia com atitude, empoderamento e liberdade, fantasia e sonhos, contando a sua história na primeira pessoa. Singles como “Não te Convidei” ou “Chong Kwong” vão fazer parte da apresentação que está a preparar para o ID NO LIMITS.

Inês Duarte a ascensão segura e permanente, é tranquilizadora. Os ritmos eletrónicos vão invadir a pista do ID NO LIMITS e contagiar o público.

L-ALI av VULTO aparece em com o primeiro EP surrealismo xpto em 2014 & desde aí conta com 7 projetos lançados em algumas editoras. Lançou recentemente o single “SIRI”, que vai apresentar no ID NO LIMITS.

DJ ADAMM lançou o EP Sinistro em junho de 2019 e vai apresentá-lo no ID NO LIMITS. Dedicado a reinterpretar a matriz do afro-house que define a nova cena musical da capital portuguesa, DJ ADAMM introduz elementos do techno para criar uma sonoridade única, muito marcada pelas influências eletrónicas.

O registo musical de ORNELLA baseia-se maioritariamente no Acidtechno.

ZÉ FERREIRA começou por ser uma curiosidade pura na extensão dos horizontes musicais e transformou-se numa necessidade diária de descobrir e tocar música eletrónica. 

CO$TANZA é o nome com que Miguel Costa assina as suas produções. Apresenta Linha Verde, a fascinante ode musical à linha do metro de Lisboa, que vai apresentar na próxima edição do ID NO LIMITS.

Os bilhetes-passe custam 40 euros até 31 de janeiro, e 45 euros até 02 de abril e 55 euros a partir de 3 de abril. O bilhete diário custa 40 euros. 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.