Riu Guarana – Férias Com Tudo Incluído no Algarve

Reportagem de Tânia Fernandes e António Silva

RIU GuaranaCom o sorriso de boas vindas, à chegada ao Clubhotel Riu Guarana, nos Olhos d’Água (Algarve), recebemos também uma pulseira. Está aberto o caminho para a ociosidade que nos permite desligar o cérebro de todas as preocupações logísticas de alimentação e desfrutar de um resort com animação sem parar, de manhã à noite.

“As famílias são o nosso principal cliente” explica-nos Diogo Martins, subdiretor do Riu Guarana. O facto de esta unidade assegurar refeições de forma consecutiva entre as 8h00 e as 21h00, bem como toda a parte de animação especialmente concebida para os mais novos atrai quem procura um programa com estas características.

O hotel dispõe de 500 quartos, com as tipologias de standart e duplo grande. Há também os quartos familiares, com um pequeno desnível entre espaços, de forma a proporcionar maior conforto às famílias. Estes quartos encontram-se num edifício à parte, onde fica também localizado o clube Riuland, a área de lazer das crianças, que conta não só com parque infantil, como também de uma sala onde eles podem fazer jogos e atividades. Também os adultos são convidados a aqui entrar para participar nas atividades de RiuArt e a dar largas ao seu talento através da pintura de t-shirts ou telas. Todas estas atividades são desenvolvidas e acompanhadas por elementos da animação cujo apoio se pode também estender à hora da refeição.

A zona de lazer descoberta inclui duas piscinas exteriores, uma delas com bar incorporado, que funciona apenas entre 15 de junho e 15 de setembro, quando as condições climatéricas são mais favoráveis. Ainda que os raios de sol de fevereiro possam parecer tímidos, são suficientemente convincentes para que os estrangeiros que envergam roupas leves ocupem as espreguiçadeiras junto à piscina. Quando há animação a decorrer na zona exterior, uma das piscinas fica resguardada das atividades de forma a permitir alguma tranquilidade aos clientes que assim o desejem.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A sazonalidade do Algarve e a quebra total de ligações aéreas para Faro faz que o Riu Guarana se veja obrigado a fechar portas entre novembro e fevereiro. “Abrimos há pouco mais de uma semana e estamos dentro da afluência normal, nesta época do ano” refere o subdiretor. Pode-se dizer que, dada a época, o hotel está composto. Maioritariamente, são grupos de séniores, oriundos da Alemanha, Inglaterra, Bélgica e Espanha. Conta-nos Diogo Martins que há muitos que vêm nesta altura e prolongam a estadia por 4 a 5 semanas. O clima e a vontade de conhecer um pouco da região, faz com que escolham este hotel como poiso. “E muitos voltam no ano a seguir. Pode ver isso nas pulseiras douradas, que alguns trazem, têm a ver com a nossa política de fidelização”. É nesse sentido que a gestão do hotel trabalha. Sem grandes surpresas ou inovações para os hóspedes, eles reconhecem neste espaço a marca Riu cujos padrões lhes é familiar “Fazemos um trabalho diário, de contacto com o cliente. É muito importante para nós, saber se o cliente está a desfrutar da sua estadia” explica-nos Diogo Martins.

É residual, a presença de portugueses no hotel nesta altura do ano, situação que se altera drasticamente no pico do verão, em época de férias escolares, quando o espaço é conquistado pelas famílias lusitanas e espanholas. O staff é muito atencioso e disponível para atender aos pedidos dos clientes, sem se mostrar intrusivo.

As atividades exteriores podem-se estender aos recintos de ténis, futebol, vólei na areia, ténis de mesa, matraquilhos ou bilhar. No interior, e mais concorrida nesta altura o ano, é a piscina climatizada com jacuzzi ou a possibilidade de recorrer ao spa para tratamentos de estética. O hotel dispõe ainda de um ginásio equipado com máquinas de fitness para uso em autonomia. O plano de atividades disponíveis, com os respetivos horários, encontra-se afixado pelos principais pontos de encontro do hotel e há desde aulas de ginástica, às atividades aquáticas (a decorrer no espaço indoor no inverno), tiro, petanca, bingo, aulas de salsa e até de português, entre outras.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Localizado no alto da falésia, o hotel não dispõe de acesso privado à praia mas, contornando o edifício, e fazendo um percurso a pé de cerca de quinze minutos por um passadiço de madeira chega-se a uma das mais belas praias do Algarve: a Praia da Falésia. As cores da paisagem o extenso areal e as temperaturas amenas do sul do país convidam a esticar as pernas e encontramos assim, muitos dos “recém” vizinhos, de ténis na mão, a caminhar, descalços, à beira mar.

Nesta altura do ano, encontra-se apenas em funcionamento o restaurante principal, que serve pequenos-almoços a partir das 8h00. O almoço é servido a partir das 12h30 e o jantar depois das 18h30. Nos períodos intermédios, há snacks e bebidas disponíveis dos diferentes bares da unidade. Assim que a afluência o justifique, abrem as portas do exclusivo restaurante Asiático cujo acesso é feito mediante reserva prévia, e de acordo com um horário específico.

A partir das 21h00 o ponto de confluência é o grande auditório do hotel, com capacidade para 500 pessoas, onde decorrem o espetáculo da noite. Uma equipa divertida e multilingue faz o seu trabalho, atravessando o percurso habitual “Macarena” – “Gypsy Kings” – “YMCA” sem se esquecer se juntar a esta amálgama musical grandes êxitos alemães que só nós parecemos estar a ouvir pela primeira vez!!!. Nesta altura do ano, as despedidas e respetiva recolha ao quarto faz-se pelas 22h00, mas em épocas de maior agitação, a festa continua na discoteca do hotel, localizada no edifício do Clube das Crianças.

Muitos são os que chegam, põem a pulseira, e não voltam a sair do espaço, a não ser para uma visita à praia.  Porque é esse, muitas vezes, o propósito das férias. Os interessados podem ainda recorrer a atividades complementares como o golf, a equitação ou aluguer de bicicletas.

Os clientes com mobilidade reduzida encontram aqui um excelente espaço, perfeitamente adaptado. A piscina exterior maior tem mesmo um corredor de acesso especial a cadeiras de rodas.

O Clubhotel Riu Guarana, fica localizado na Quinta do Milharó, em Olhos d’Água. Disponibiliza diárias, em duplo standard a partir de 50 euros (pessoa/ noite).

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.