Renovado Mercado de Campo de Ourique celebra Primeiro Aniversário

Mercado de Campo de OuriqueReportagem de Tânia Fernandes 
 

[dropcap]O[/dropcap] bairro sempre foi trendy, mas com a abertura do renovado Mercado, há um ano, Campo de Ourique passou a ser paragem obrigatória. Ponto de encontro para um copo ou um petisco, reunião informal familiar ou simplesmente o desejo de experimentar as novidades gastronómicas que se preparam ao balcão têm sido razão suficiente para animar um espaço que mantém a função tradicional de vender os mais frescos produtos. As bancas de legumes, fruta, carne, peixe, conservas e outros bens alimentares mantêm a cor e dão a vivacidade ao espaço, que no meio alberga a área de restauração e convívio.

Um ano depois, o balanço oficial é de que, terão passado por aqui mais de 530.000 visitantes. São mais de 22 as “tasquinhas” aqui instaladas, a fazer arregalar os olhos de quem passa, com uma oferta variada: marisco, doces conventuais, pão e bolachas variadas na padaria, brigadeiros para todos os gostos, vinhos, empadas, gelados, sushi, queijos, petiscos tradicionais, tapas, ou hambúrgueres gourmet, sem esquecer os badalados gins. A maioria destas sugestões, preparadas à vista de quem pede, no momento, com recurso aos mais frescos ingredientes. Muitos não terão de ir longe, certo? E sem grandes constrangimento de horários, permitindo fazer refeições fora do período tradicional da restauração.

Mercado de Campo de OuriqueQue se arrisquem os mais aventureiros
Aqui há sushi para degustação,
Não se assustem os mais rotineiros
Também há petiscos, empadas e galão.

Mais recentemente, novos conceitos juntaram-se a este espaço. É o caso da Champanharia, especializada em champanhes e espumantes de qualidade; as Cervejas do Mundo e as Cervejas do Mercado, dois quiosques vocacionados para a experiência da Cerveja; a carpacceria Contessa Antipasti com os tártaros e pica-paus de peixe numa carta que vem adicionar uma opção saudável à oferta do Mercado; os Frutos Secos do Mercado, a Parceria das Conservas, a Algaraviada e a Praia da Compota, bancas tradicionais renovadas com uma grande variedade de produtos para levar para casa ou oferecer como lembrança.

Até ao início de dezembro abrirá ainda a Garrafeira do Mercado, direcionada aos amantes de vinho e outras bebidas, bem como algumas outras surpresas que serão anunciadas brevemente.

This slideshow requires JavaScript.

O Mercado de Campo de Ourique nasceu em 1934, num dos mais tradicionais bairros de Lisboa. 80 anos depois,foi renovado mas manteve a traça original. Trouxe mais vida ao bairro e impulsionou significativamente as vendas das bancas tradicionais já existentes.

O Mercado abre todos os dias a partir das 10h00, de domingo a terça-feira até às 23h00, às quartas e quintas-feiras até às 00h00, e sextas e sábados até às 01h00.

Já foi às compras hoje?

 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.