Rappel Com Partida Do Amoreiras 360 Foi Um Dos Desafios Do Pop In The City

Reportagem de Tânia Fernandes

Fazer um rappel de 19 andares na fachada da Torre das Amoreiras, escalar numa teia de cordas na Mãe D’Água ou descer a parede do Aqueduto das Águas Livres foram alguns dos desafios da área Extreme que a iniciativa Pop in The City colocou, este sábado, às participantes.

Esta corrida urbana de aventura junta cerca de meio milhar de participantes do sexo feminino e tem por objetivo descobrir uma cidade europeia e conhecer pessoas de culturas diferentes. Trata-se de um roteiro turístico, pouco convencional, que permite visitar uma cidade e conhecê-la através de experiências desafiantes.

Organizadas em equipas de duas pessoas, as participantes têm um mapa da cidade, desafios que só são conhecidos no próprio dia, divididos em cinco categorias: cultura, arte, desporto, solidariedade e extreme. O objetivo é fazer o maior número de provas, dentro dos 30 disponíveis, no tempo em que decorre a prova, entre as 9h00 e as 17h00.

O Amoreiras 360 Panoramic View recebeu, na categoria extreme, uma das mais desafiantes provas: descer 19 andares em rappel pela fachada do edifício, tendo como pano de fundo a cidade de Lisboa. O início da descida teve lugar de um dos maiores miradouros da cidade: Amoreiras 360º Panoramic View.

Ainda na categoria extreme, uma das laterais do edifício da Mãe d’Água tinha montadas duas vias de escalada em teia de cordas, com cerca de 17 metros. Ao Aqueduto da Mãe d’Agua chegaram também as participantes que desafiaram o medo das alturas e desceram os cerca de 40 metros também em rappel.

A grande maioria das participantes era de nacionalidade francesa e mostravam-se bastante animadas com a experiência. Houve quem nos ultrapassasse na descida de rappel, empenhadas em conquistar o desafio e avançar para outro, mas também quem, ao olhar para baixo, tivesse recuado. A curiosidade era grande, nos turistas habituais do miradouro.

Realizadas desde 2012, os desafios Pop In The City têm sido acolhidos por várias cidades europeias, tais como Bolonha, Sevilha, Hamburgo e Bruxelas. A escolha recai sobre cidades com personalidade, com capacidade para proporcionar experiências inesquecíveis. A descida na Torre das Amoreiras foi um dos desafios disponíveis em Lisboa, e certamente um dos mais marcantes para quem o realizou.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.