Quetzal lançou A Imperatriz Viúva de Jung Chang

Print

A história de Cixi, ou Tzu-hsi, uma das concubinas do imperador Xianfeng e mãe do imperador Tongzhi, e uma das mais famosas imperatrizes da China, é o tema do novo livro de Jung Chang que foi recentemente publicado em Portugal – A Imperatriz Viúva .

O livro relata a história da jovem que aos 16 anos entrou no palácio imperial como concubina do imperador e a sua ascensão desde a mais baixa categoria do concubinato.

Mãe do imperador Tongzhi, Cixi governou o país, em tempos conturbados, desenvolveu setores e infraestruturas, e levou a cabo reformas sociais, como a abolição da morte através dos mil golpes ou a tradição de ligar os pés das mulheres.

Jung Chang nasceu na província de Sichuan, China, em 1952, e é autora de livros como Cisnes Selvagens, ou Mao – A História Desconhecida.

Publicado pela Quetzal Editores, A Imperatriz Viúva tem o preço de 22,20 euros.

Texto de Catarina Delduque
 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.