Queluz Convida A Uma Viagem Até Ao Século XVIII Este Fim De Semana

Entre os dias 5 e 8 de setembro de 2019, a Feira Setecentista de Queluz está de regresso ao largo fronteiro ao Palácio Nacional de Queluz, prometendo uma viagem no tempo até ao século XVIII, num espaço onde poderá conversar com marquesas emplumadas e marialvas sobre as novidades da corte e das grandiosas festas reais. O programa de três dias tem entrada livre e é dedicado aos jardins, espaço de divertimento e lazer desta época.

Com animação a cargo da Câmara dos Ofícios, pretende-se recriar um ambiente setecentista, época em que o Palácio de Queluz e os seus jardins eram espaço de lazer da corte portuguesa. Nesta edição, destaca-se o Jardim de Malta, recentemente alvo de restauro e recuperação do seu desenho original, da autoria do arquiteto Jean Baptiste Robillion. O visitante poderá encontrar o famoso arquiteto e com ele discutir o traçado para o jardim através de uma maquete.

Durante os três dias de feira, que arranca a 5 de Setembro, pelas 17h00, o programa contempla espetáculos de dança, música, teatro, malabarismos, robertos e a habitual recriação de episódios da época, como as zaragatas entre alcoviteiras, os duelos de espadachim e os jogos tradicionais. No sábado e domingo, 7 e 8 de setembro, poderá ainda assistir a uma peça de Teatro de Papel, no Teatrinho da Pousada D. Maria I, ou às peças do teatro de D. Roberto, no recinto da feira. Durante o fim-de-semana haverá ainda duelos de esgrima e danças de corte.

A feira decorre de 5 a 8 de setembro nos seguintes horários: quinta e sexta-feira, das 17h00 às 24h00; sábado, das 13h00 às 24h00; e domingo das 13h00 às 23h00.

A feira conta também com a presença de convidados de várias regiões do país e do estrangeiro, que trazem até Queluz uma grande variedade de produtos, desde artesanato às especialidades de gastronomia e doçaria típica da época.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.