Prova e Conversa à Volta dos Vinhos das Quintas de Sant’Ana, Chocapalha e Monte d’Oiro

Vinhos de Portugal
Vinhos de Portugal

Os vinhos das quintas de Quintas de Sant’Ana, Chocapalha e Monte d’Oiro estiveram à prova, mas também ao escrutínio da curiosidade dos participantes na Tertúlia Vínica Lisbon Family Estates na Sala Ogival de Lisboa, que teve lugar na passada sexta-feira.

Os produtores de vinhos destas quintas da região de Lisboa trouxeram, cada um, três vinhos, que deram a conhecer. Acompanharam com histórias da sua produção, revelando episódios curiosos que não constam em nenhum dos rótulos.

James Frost, produtor de Sant’Ana, Andrea Tavares, produtora de Chocapalha e Graça Gonçalves, enóloga do Monte d’Oiro foram os anfitriões de um final de tarde onde se tirou o vinho da garrafa e se revelaram todos os segredos.

Mais do que uma palestra, o momento foi de tertúlia, com os participantes a levantarem mesmo questões técnicas relativas não só à fase de tratamento da uva, como também aos detalhes da vindima, a escolha das castas e depois os passos dentro da adega até ao engarrafamento.

Com pequenos lotes de produção, alguma resistência do mercado nacional e a maior parte do produto a seguir para exportação, estes embaixadores do vinho da região de Lisboa vieram demostrar a elevada qualidade do seu produto.

Quinta de Sant’Ana Riesling, Quinta de Sant’Ana Pintot Noir, Quinta de Sant’Ana Homenagem Baron von Fûrstenberg; Quinta de Chocapalha Arinto, Chocapalha Vinha Mãe, CH by Chocapalha; Quinta do Monte d’Oiro Madrigal, Quinta do Monte d’Oiro Reserva e Aurius por José Bento dos Santos foram os vinhos a prova, numa tarde que se estendeu pela noite.

A ViniPortugal, organização interprofissional do setor vitivinícola, responsável pela promoção da imagem de Portugal enquanto produtor de vinhos,  tem vindo a promover encontros entre os produtores de vinho e o público em geral na Sala Ogival do Terreiro do Paço. Uma forma interessante e acessível de ficar a conhecer mais um pouco dos nossos vinhos.

Reportagem de Tânia Fernandes (Texto e Fotos)

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.