Maria Matos Apresenta Pinocchio a Partir de Carlo Collodi

pinoquio

O Teatro Maria Matos apresenta a peça Pinocchio a partir de Carlo Collodi, pela companhia teatral Primeiros Sintomas, entre 27 de fevereiro e 5 de março.

Mais do que um livro para crianças, Pinocchio, de Carlo Collodi é, essencialmente, um livro para todos, belo e terrível. São incontáveis as adaptações, os ensaios e os estudos dedicados ao texto desta história, cuja matriz tem suscitado variadíssimas interpretações de significado e, arriscaríamos, explorações filosóficas.
A história de um tronco, depois feito boneco, que é manipulado no desejo de se cumprir enquanto pessoa, ressoa como uma alegoria clássica da condição humana e configura também um ritual de passagem do estado de criança ao estado adulto.
Como num terror noturno, a odisseia de Pinocchio passa-se num ambiente surrealista, impreciso, moral e amoral, feito de cenários e marionetas, onde os adultos se representam por meio de formas animais, grotescas, informes e infantis.

A peça conta com as interpretações de António Mortágua (Geppetto), Carolina Salles (Pinocchio), Ivo Marçal (Palito), Ana Brandão, Eduardo Breda, Inês Pereira, João Pedro Dantas, Miguel Sopas e Salomé Marques (coro). A encenação é da responsabilidade de Bruno Bravo, que também traduziu e adaptou o texto.

Pinocchio pode ser vista de sábado 27 fevereiro a sábado 5 março, às 21h30 (exceto dia 29), e domingo às 18h30, na Sala Principal do Teatro Maria Matos, em Lisboa. Os bilhetes estão à venda no local e custam entre 6 e 12 euros. A peça está classificada para maiores de 12 anos e tem a duração de 60 minutos.

Texto de Elsa Furtado

 

 

 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.