Primeira Festa Infanto-Juvenil Da Língua Portuguesa Acontece Em Março Em Oeiras

A Travessia das Letras, a primeira festa infanto-juvenil da Língua Portuguesa, faz a sua estreia em Oeiras, nos próximos dias 30 e 31 de março de 2019, das 10h00 às 18h00, no Templo da Poesia, no Parque dos Poetas. Trata-se de uma grande festa dos falantes da língua portuguesa com encontros, oficinas e atividades que misturarão sotaques, cultura e hábitos. A entrada é livre.

O projeto Travessia das Letras nasceu do desejo de aproximar culturas que partilham a mesma língua. E segundo a curadora do projeto, a jornalista e escritora brasileira, Luciana Savaget, a proposta do evento é não só fazer com que o contacto entre o público e os escritores seja mais direto, como também proporcionar às crianças e jovens portugueses a oportunidade de ter acesso à cultura de outros países que têm o português como língua materna.

A Travessia, como é carinhosamente chamada pelos participantes e envolvidos, começa com o tema “Visões de mundos diferentes com idioma igual – o português que nos une” e a proposta é promover um intercâmbio cultural entre Portugal e os outros países representados. Brasil, Angola, Guiné-Bissau, Cabo Verde e Moçambique marcam presença com os seus autores e partilham a sua cultura através das obras literárias e expressões artísticas.

Esta primeira edição vai muito além de um projeto cultural, ao assumir o caráter de proposta educativa construída com a participação e sugestões de autores, editoras e instituições públicas e privadas que apoiam o projeto. Desde o início de janeiro, algumas das obras literárias que fazem parte do projeto estão a ser trabalhadas com os estudantes nas salas de aula e nas bibliotecas escolares e municipais de Oeiras.

A programação da festa literária é extensa. Temas como a imaginação, a língua portuguesa, a arte de escrever e a cultura dos povos serão discutidas entre os autores e o público duas vezes por dia, com 1h30 de duração. Há também workshops que pretendem despertar a criatividade das crianças e jovens. Poderão aprender a fazer book trailers para promover as suas obras favoritas, a criar livros personalizados numa interação em família, a contar histórias e até a tornarem-se booktubers.

Tendo o Mar e os Descobrimentos como inspiração, haverá um espaço com a exposição de ilustrações, performances e oficinas de ilustradores a criar histórias e desenhos em tempo real. A expansão da língua portuguesa através dos mares também está representada na figura da mascote da festa literária, o polvo Zé, criado pela ilustradora de livros infantis brasileira, Mariana Massarani. Além de viver nos oceanos, o polvo faz referência aos quatro cantos do mundo onde vivem os milhões de falantes deste idioma tão rico e cheio de diversidade.

A festa literária Travessia das Letras promete ser um evento que vai marcar o cenário cultural de Portugal.

A Travessia das Letras é realizada pela DOIS UM Produções, produtora luso-brasileira, em parceria com a Câmara Municipal de Oeiras, contando com o apoio do Plano Nacional de Leitura – Ler+, e da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE). Tem ainda o suporte de diversas instituições públicas e privadas. Conta também com o apoio institucional da Missão do Brasil na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), da Embaixada do Brasil em Lisboa, do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., do Camões – Centro Cultural Português em Maputo e da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas do Governo Português (DGLAB).

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.