Primeira Estância de Wakeboard do Mundo Criada no Centro de Portugal

Screen Shot 2015-03-02 at 01.22.50O Wakeboard, desporto em ascensão em todo o mundo, superando o surf em número de praticantes nos E.U.A, vai ter a primeira estância do mundo localizada em Portugal, na Região Centro do país.

Trata-se de uma iniciativa dos Municípios de Abrantes, Ferreira do Zêzere, Mação, Sertã e Vila de Rei, a Turismo do Centro e a Associação Portuguesa de Wakeboard e Wakeskate (APWW) em consórcio com a EIPWU e tem por objectivo posicionar Portugal como cluster europeu da modalidade e promover o interior do país como local de excelência para a prática de wakeboard.

De acordo com Luís Segadães, especialista em Marketing Territorial e um dos responsáveis pela organização do evento, “Vamos acolher um mega evento desportivo, o Campeonato Mundial de Wakeboard, inserido numa ação de promoção de Portugal e do interior do país. O grande objetivo é criar um novo destino de wakeboard, construindo a primeira estância do mundo em Castelo do Bode. A promoção do destino é alavancada através do campeonato mundial”, explicou aquando a apresentação do projeto na BTL 2015.

O calendário do projeto inclui o Campeonato Nacional de Wakeboard em junho e o Campeonato Mundial em setembro, prova que se realiza pela primeira vez fora dos Estados Unidos. Em simultâneo estão a ser desenvolvidos projetos de implementação de cable parks em torno da barragem de Castelo do Bode. Estes cable parks são considerados parques temáticos, que ajudam a tornar este desporto mais acessível reduzindo os custos para o praticante e também a pegada ecológica do desporto, já que os sistemas de cabos têm baixo consumo energético, sendo alimentados a electricidade.

André Matos, Presidente da APWW explicou ainda que, “O Wakeboard é um desporto recente, que se tem afirmado pela sua espetacularidade, captando adeptos e curiosos em todo o mundo. É o desporto aquático com maior taxa de crescimento dos EUA, onde nasceu há 25 anos. Alastrou-se por todo o mundo e sabemos hoje que existem mais de três milhões de praticantes só na Europa”.

Texto de Teresa Leal

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.