Prémio Literário António Cabral Distingue Pedro Eiras

O livro de poesia Inferno, de Pedro Eiras, com chancela Assírio & Alvim, foi distinguido pelo Grémio Literário Vila-realense.

O júri elegeu por unanimidade o livro de Pedro Eiras, que dá início a um triptíco inspirado na obra de Dante Alighieri e do qual faz também parte o recente Purgatório. «É uma experiência poética fortemente original e inventiva, uma obra onde confluem registos discursivos de várias proveniências – erudito, prosaico, metafísico, literário – para retratar o falível, vulnerável e destrutivo potencial da mente e da ação humanas», sublinham os responsáveis.

O prémio António Cabral, instituído em 2011, em Vila Real, pretende ser uma homenagem ao poeta duriense falecido em 2007 e, simultaneamente, estimular novas produções literárias. Tem uma periodicidade bienal e um valor pecuniário de cinco mil euros. Na presente edição estiveram a concurso 60 obras. A sessão de entrega do galardão decorre no dia 16 de outubro, uma semana antes do 14º aniversário da morte do patrono do prémio.

Livro de estreia de Pedro Eiras na poesia e primeiro volume de um triptíco que muito literalmente visita a obra de Dante Alighieri, em Inferno podemos encontrar uma escatologia dos tempos modernos, uma visita às almas danadas de hoje através de um prisma eminentemente sociológico que reflecte e nos faz reflectir intensamente sobre a sociedade contemporânea, sem nunca perder de vista a empatia com o outro, “pois não merece dor na morte quem já carregou / toda a vida o inferno no sangue”.

O livro, de 120 páginas, está à venda por 14,40 euros.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.